quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Leituras: Loucas de Amor - Mulheres que Amam Serial-Killers e Criminosos Sexuais


Esse livro me despertou o interesse mesmo sem eu ter lido. O interesse do autor em tentar entender o fascínio que as mulheres sentem por esses criminosos acabam por estimular uma discussão sobre o que as motivam a ter uma visão romântica de um homem perigoso. Tá, vocês podem começar a falar: Aii credo! Que tema, hein Marie?! Mas eu acho que esses criminosos são um extremo de uma escala de homens que não deveríamos nos aproximar.

O que faz as mulheres se apaixonarem por um cafajeste? Um traidor sem conserto? Ou um homem violento? São perguntas que me levam a pensar o poder que uma mulher tem de romantizar, perdoar, ignorar muitos defeitos que se ela visse com outra mulher, reconheceria facilmente. Eu quero ler esse livro com um olhar sem pudores: em vez de questionar a atitude da mulher, sacrificando mulheres em diferentes relações de submissão e opressão, tentar entender seus motivos.

Por que essas mulheres que estão nessa situação se isolam do mundo frente à incompreensão das pessoas à volta com um "eles não me entendem", o que gera desconfiança e, principalmente, fecha o canal para que elas peçam ajuda. O roteirista gaúcho Gilmar Rodrigues partiu para a busca das moradoras em suas casas e para plantões nas filas dos dias de visita íntima. Rodrigues descobriu que há mulheres de todo tipo dentre as que escolhem se relacionar com os "Jacks". Universitárias e analfabetas, bonitas e feias. "Quanto mais perigoso, sanguinário e sexualmente predador, mais elas desenvolvem uma visão romântica deles", conta.

O mais curioso é que esse mergulho nesse mundo foi descrito nao somente com o texto, mas com quadrinhos: o que permite uma liberdade na forma que é interessante e convida a nós, leitoras, a imaginar uma realidade diferente com ele. Quero mesmo ler esse livro!

Mais info na reportagem da FOLHA e no UOL

Título:Loucas de Amor - Mulheres que Amam Serial-Killers e Criminosos Sexuais
Autor:Gilmar Rodrigues
Editora:Ideias a Granel
Quanto morre:R$ 32

2 comentários:

Igor André disse...

Boa pergunta! Eu nunca desenvolvi (ou ouvi) nenhuma teoria sobre esas "paixões criminosas". Certa vez eu vi em um episodio de Criminal Minds o caso de um psicopata que fazia com que mulheres apaixonadas cometessem assassinatos em seu nome. O despertar dessas paixoes vinha através de cartas e tal...Nao acho que seja algo que se possa generalizar, mas acredito que a mente criminosa tenha "gatilhos"que despertam em certas mulheres aquele fogo de amor bandido, de subversão, de atravessar barreiras em nome de um sentimento...Acredito que seja por aí.

Valeu a dica do livro. Vou tentar ler.

Beijinho Marie e bom fim de semana.

Igor André
ordemincaos.blogspot.com
Post recente: Snap - Arrebentando as Pulseiras

Marie Curie disse...

Huahuah, esses programas comoo criminal minds e CSI deram uma outra visão das coisas, não é mesmo? Eu adoro! bjus!