quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Singularidade

Nós, seres humanos, singularidades ambulantes, pequenos universos que conversam entre si e interagem.

Sociedade moderna, a palavra de ordem é: independência!
Mulheres independentes, homens independentes, crianças auto-suficientes, economia que se sustenta, desenvolvimento sustentável, reciclagem, aprimoramento pessoal...

O quadro está formado, tudo se move para que sejamos cada vez nós, por nós mesmos, sem o outro, sem querer o outro e sem precisá-lo tampouco...

Porém algumas coisas fogem à nossa lógica, encontros se dão nessas distâncias infindáveis de centímetros ou milímetros que podem separar as pessoas...

Encontros, afetos, relacionamentos se dão contrariando toda a lógica pós-moderna de sociedade.

E alguns vão além, quando se tem tudo mesmo só, encontra no outro certa completude, as singularidades já não são assim tão singulares, o 2 viram um uno singular, a singularidade de dois universos em 1... E eles percebem que essa pós-modernidade pode estar totalmente equivocada, independência não é tudo... nada como construir essa bi-singularidade!


PS: Sei que esse post foge um pouco à métrica comum que vocês devem estar acostumados a ver Andreas usando, espero que gostem, reflitam e não se incomodem com esse post atípico.

PS2: Por falar em atípico, sei que ando um pouco sumido daqui, nessas 2 últimas semanas muuuitas coisas acontecendo com o velho Andy, algumas ruins e outras muito boas!!!!


Beijos
Andreas Ribeiro

5 comentários:

¤*Daiazinha*¤ disse...

Postei sobre um assunto similar hoje... ou não! Esse seu texto ficou bem atípico msm, mas eu gostei!

Bem Resolvida disse...

ai meu deus, é mta coisa pra ler...perdi tudo isso todos esses meses!!! rs
to tentando voltar à ativa!
beijo grande

wcastanheira disse...

Bela página, adorei andar por aqui, matérias com ótimo conteúdo, mto explicativa, parabéns seu post é mto útil aos blogueiros q buscam boas matérias.

Brunas F. disse...

mudar um pouco é bom...refresca as ideias rsrs


=*

Flávia disse...

Oi Andreas,

Achei interessante seu post, por justamente falar da independência tão difundida hoje em dia.

Acho que o mundo ia ser bem melhor e as famílias mais ajustadas, se as pessoas estivessem mais unidas, dependendo umas das outras...

Por outro lado, sempre achei interessante o desenvolvimento sustentável e o turismo sustentável. Não tinha analisado isso por sua ótica...

Abraços.