terça-feira, 3 de novembro de 2009

Maratona "Deitando no Divã" 15


Baseados nas maratonas televisivas nas quais você passa 4 horas assistindo o mesmo desenho ou seriado (para a felicidade de uns, infelicidade de outros, e pela falta de criatividade da emissora), nosso honrado blog resolveu lançar uma maratona do Deitando no Divã!Recebemos muitos casos nos últimos tempos e, para que mocinhas não arranquem os próprios cabelos, não roam unhas nem decapitem namorados, ex, peguetes e afins, está aberta a temporada de casos e mais casos!

* Por Anna Oh, Andreas Ribeiro e Marie Curie *
Caso 26: "Em primeiro lugar, adoro demais o blog de vcs, acompanho diariamente, e me identifico com váááários posts!
Vamos comecar minha história hahaha bom..eu definitivamente nao entendo os homens..e sempre me envolvo com os caras errados, sempre os + enrolados, cafas, complicados, q só qrem zuar..etc etc
Bom, em janeiro, eu e minhas orelhas de burra conhecemos um moço..estavamos num bar, ele é amigo de uma amiga minha, no fim da noite, ambos ja meio alto ficamos..e continuamos a noite hehe, foi td perfeito, quimica perfeita, encaixe perfeito..td td, era o homem q eu qria pra mim!
No dia seguinte [sexta] combinamos de nos ver de novo, estavamos combinando por torpedos, até q sem + nem menos ele parou de mandar e responder..blz, desistiu ne!? eu ja conformada q seria uma relacao baseada em sexo fui pra outro canto e meio q desencanei.
Domingo ele vem no msn pedindo desculpas falando q tinha sido avisado q um cara q trabalhava com ele tinha falecido em meio as nossas combinações e ficou tão transtortado [coitado, um moço com mtos sentimentos hahaha] q nem lembrou de me avisar...conversamos de boa, falei q nao tinha problema e combinamos de sair na quarta, eis q quarta eu tomando banho pra gente sair ele manda uma msg falando q nao vai dar pq a irma dele passou mal e teve q ser internada pra uma cirurgia de emergencia! Eu nao sou mto crédula em desculpinhas, mas acabei engolindo, ngm ia matar o amigo nem internar a irma só pra nao sair ne!? hehehe
Na sexta teria a gravacao de um dvd sertanejo numa casa noturna, na época ele trabalhava numa produtora e filmaria o show, e eu fui. Cheguei td linda e já o vi, ele estava no canto, em cima de um tabladinho perto do banheiro, [ou seja, ele via praticamente a balada td] falei oi pra ele, e fui pro meiao, ele ficava o tempo td me olhando, mandava bjo, sorria..um fofo, eu ja meio bebada comecei a corresponder os olhares de um peão gostosão hahaha, e acabei bjando esse peão, no meio da pista, ou seja, ele viu! qdo dei por mim a merda q eu tava fazendo dei um perdido no peão e saí, eis q meu mocinho ja nao me olhava + na cara, eu fui falar com ele e ele td grosso falou q nao ia + me ver bla bla bla, q depois do q eu fiz ele nao qria mais e tal!
Mas gente, nós nao tinhamos NADA! as 2 vezes q combinamos de sair ELE deu pra trás..eu me vi no direito de ficar com outro, td bem q foi sacanagem ficar na frente dele..mas msm assim ele nao tinha o direito de me cobrar nada.
Durante a semana, depois de 845 torpedos e 1268 depoimentos não aceitaveis no orkut consegui falar com ele no msn..ele é meio traumatizado, teve 2 namoradas de mto tempo e as 2 trairam ele, ai ele disse q nao qria comecar outro relacionamento agora, mto menos um relacionamento q ja tinha comecado errado, fiquei mto mal, pq eu tava curtindo ele, de verdade..
1 mes depois no meu aniversario [comecinho de março] ele foi, só q ja chegou meio bebado, pq tava assistindo jogo, ai ficamos no bar e continuamos a noite de novo, e de novo foi td maravilhoso..depois ele voltou a me ignorar, eu desesperada atras dele, mandando msg, ligando e tal..e ele nd de atender, responder.
Mês passado o vi numa balada open, passei perto dele e os amigos dele td me chamando, fazendo gracinha..mas ignorei! Sexta passada numa outra balada open, ele me viu, o amigo dele me chamou, eu fui cumprimentar, msm pq minha amiga tava lá com eles, dai ele fez graça, me puxou me bjou e ficamos a balada INTEIRA juntos..e agora NADA dele de novo ¬¬
Eu juro q nao entendo..qdo a gente ta junto é TUDO perfeito, ele é um fofo..mas ele ta sempre bebado, e ai no dia seguinte ja comeca a me rejeitar de novo, e eu gosto dele, to desesperadaaa..o q nao me conformo é q so estamos assim pela merda q eu fiz, qria mto reverter isso, será q tem jeito???
Não sei se to arrumando desculpas pra me enganar, mas na verdade eu acho q ele me quer mas fica na negacao pra nao se envolver e nao se machucar..o que vcs acham??
Me ajudem!! Bjinhos"

Eu acho que ele não tá afim de vc. Ele quer vc pra eventos, baladas, convenções sociais, etc... se tivesse interessado num envolvimento, já teria se envolvido! Continue caindo na balada, que um cara menos mocorongo aparecerá, guria! ;)
Hummmm, não sei se concordo com a Anna, mas tenho certeza de algo, se você está "cismada", tire a conversa à limpo. Não fique adivinhando o que se passa com o rapaz... chama ele pra conversar ou consiga alguma forma de conversar mais "sério" e fala "hey guri, a gente só vai se pegar de vez enquando numa balada ou será que conseguimos sair um dia de semana pra jantar" ou algo do gênero e descubra o que acontecerá...
Moça, o que se passava na sua cabeça quando vc ficou com o peão de calça separa bolas? Era que como vocês não tinham nada sério, você não tinha que dar satisfações para o rapaz, certo? Pois eu acho que foi exatamente essa a imagem que você passou para o rapaz quando ficou com outro, e o rapaz encarou isso como "ok, ela só me quer para isso. Fui usado, mas usarei, hohoho" Eu acho que precisa, como o Andreas disse, de uma conversa: É pra ser sério ou é pra fazer farra? Eu acho que ele já te disse que prefere farra, já que não quer um relacionamento que "começou errado" de acordo com ele. Eu acho que o que tá precisando é determinar o status: pegação ou não, e se você aceita o que o rapaz quiser.

Caso 27: "Olá gurias,comecei a ver o blog de voces e vicia hehehe..mas enfim..
O ''causo'' é assim: Conheço um guri,só da internet,e aí ele é de um Estado e eu de outro,temos uma diferença de uns 7,8 anos. E assim,faz 3 anos que nos conhecemos e tudo,a gente ate se gosta realmente,somos o tipico casal virtual he he,brigamos e depois de umas semandas voltamos a nos falar,e até me acho intima dele,mas nao sei se nossa relação irá proceder,ou ''evoluir'',as vezes acho isso ilusao,algumas outras nao. Mas precisamos nos encontrar logo né? pois ele obviamente sentirá falta de um abraço etc,afinal nem so computador sacia as pessoas,entao é isso,nao sei se tenho futuro com esse rapaz gurias
Bjss"

Pensa no seu lado tb: vc vai sentir falta de abraços, carinho, contato físico, proximidade? Não é só ele nãoooo, ow!
Eu, particularmente, não boto fé nesse tipo de coisa, pq uma hora ou outra a realidade fica mais forte, as necessidades serão outras e, sei lá... é muito fácil vc imaginar mil coisas sobre como uma pessoa é lááááá longe, e outra coisa é vc ser íntima pq tá sempre ao lado, aguenta o áspero cotidiano de casal; distância é o elemento que mais facilita a projeção, vc ver milhões de atributos numa pessoa, fantasiar a beça com coisas que ela não é. Se não te afeta agooora, e se vc não sente falta de abraços, de sair de mãos dadas, da companhia e tdo mais, continua... quem vai fazer dar certo ou não são vcs dois.
É.... virtual é um problemão à parte... hehehe... acho assim, se vocês tem algum plano ou alguma possibilidade de se verem mais do q 1 vez ao ano rsssss acho que talvez seja o caso de pensar em investir em algo, se vocês se dão bem e tals... Agora se a idéia é conseguí-lo ver 1 vez e depois sabe-se Deus quando, acho meio ilusório pensar num relacionamento mesmo... até acho que vc deva ir, conhecê-lo, ficar e tals, enfim... o que quiseres, agora se a realidade de vocês não permite se verem algumas vezes ao ano peeeeelo menos, acho que vai ficar só no carinho virtual...
Hum, eu acredito em amor virtual, hehehe. Eu acho que pra saber se vai dar certo ou não o negócio é ver o rapaz, pegar, cheirar, beijar... pois você até agora está sendo fiel a um computador! Ainda se tivesse rolado algo antes e depois a relação ficou toda online, eu daria mais chances, mas do jeito que tá... o meu medo é você se prender a uma relação online, que é mais segura e se prive de relações no mundinho offline. Marque de encontrar o rapaz, se não der certo, pode manter o peguete virtual, mas por favor, abra-se para os mocinhos que estão do seu lado! O importante é viver a vida!

PS. Pra quem quiser participar dessa coluna e contribuir para o Divã, e nós do Divã tentarmos ajudar você também, envie seu caso/história/dúvida/angústia para nós no e-mail divarosachoque@gmail.com e nós analisaremos e postaremos assim que possível!! sempre sem identificação e sem expor alguém, mais detalhes veja mais sobre nossa coluna DEITANDO NO DIVÃ.

3 comentários:

Kesy disse...

caso 26: ele pode até estar afim de algo sério, mas não mais com vc, porque infelizmente, querida, vc não passou seriedade para ele. Ele todo te mandando beijinhos e vc fica com o peão na frente dele? É óbvio que vc aí demonstrou que tipo de garota vc é... e provavlemente não é o tipo com quem ele quer se envolver, principalmente sendo traumatizado com mulheres que traem...

caso 27: conhece o rapaz... ficar eternamente na dúvida é uma merda! E eu acredito em amor virtual... depende dos dois pra fazer dar certo, mas eu acho bem possível... o problema é que geralmente as pessoas que se escondem atras de um relacionamento virtual tem algum problema sério,por exemplo: insegurança. Mas vc pode ter dado sorte!

wcastanheira disse...

Uaauu, entender aos homens é tão fácil, nós somos os seres mais previsíveis da face da terra, mais maria vai com as outras, sem essa de q homem é td igual, longe disso, mas para entender-nos basta ir fundo, dedicar-se à causa, barbadinha, todos nós somos passíveis de análises, bjos, bjos, bjoss

Igor André disse...

Como não podia deixar de ser...

Caso 26: Não ficou muito claro o que ela queria de verdade. Ou foi impressao minha? Enfim, vou me juntar as demais vozes que disseram ter a necessidade de uma conversa para que ambas as partes deixasse clara a sua postura em relação ao outro. Diálogo. Realmente a palavra de ordem nesse caso.

Caso 27: minha opiniao sobre relaçoes virtuais é paradoxal. Eu nao acredito muito que dê certo, embora tenha visto situaçoes que me provaram o contrário. Posso estar sendo "moderninho" demais. Mas pra mim relação virtual tem que ser aberta. Sem cobrança e tal.

Com relaçao ao encontro, beleza, acho bacana se encontrar e tal. Se for bom, tanto melhor. Mas e depois? Como administrar a coisa?

É como os colegas disseram em seus comentários. O físico conta muito e contará ainda mais depois da primeira vez, pode ter certeza.

Esse era um caso que merecia mais detalhamento para análise. Acredito que quando o assunto é relacionamento a distancia, existem tantas variáveis que não podemos nos ater a nenhum padrão.

Abraço a Todos!

I.A. (ordemincaos.blogspot.com)

Tão devendo uma visita hein ;) srssrsr