sexta-feira, 30 de outubro de 2009

A "Puta" da Uniban

Não sei se vocês estão a par do que aconteceu aqui em SP, mais especificamente em São Bernardo do Campo, terra da nossa querida Anna Oh.
Foi na universidade Uniban, um campus bem grande que tem em S. Bernardo, uma guria aluna de turismo decidiu ir vestindo uma roupa bem chamativa, não vi fotos, mas pelo o q eu entendi era um vestido tri curto, praticamente uma camiseta q só passava das partes pudendas, enfim, essa guria chegou na Uniban toda toda e foi subir as rampas do campus, resultado disso? Todas suas partes mais íntimas ficavam à mostra enquanto ela subia as rampas e os cuecas de plantão começaram a ficar doidos... Foram pra cima dela com piadinhas e xavecos de quinta e reuniu um bando de macho atrás da fêmea até que eles começaram a ameaçá-la de estupro.
A guria teve que se enfiar numa sala, chamar a polícia e sair de lá escoltada pela polícia, com um jaleco de professor e aos berros de “Puta”!!! “Puta”!!!

Agora a questão que fica, é do porque que aconteceu tudo isso??
Eu acho que a primeira (e menor) culpa é da guria, que foi pra um lugar não muito apropriadamente vestida para tal. Porém, ela não foi nua, nem nada assim, acho que já vimos muitas mulheres vestidas de formas “inapropriadas” e enfim, por mais que chame a atenção, não é pra atacar a mulher.

Acho que o grande problema se deu em alguns caras perderam a noção de “provocação”, com falta de respeito, preconceito e outras coisas piores.
Um professor meu diz que se aparece uma mulher perto de quem faz engenharia, os caras ficam doidos, porque nunca viram aquilo na vida rssssss, parece que foi o que aconteceu... Por mais que seja chamativo, que eles tenham ficado com vontade e não sei mais o que, eles não podem “tomar a mulher” por achar que ela está afim... Esse é um pensamento machista, retrógrado que mostra que todas as nossas evoluções sociais não foram ainda suficientes.
As mulheres tiveram que queimar sutiãs na década de 60, agora vão ter que queimar mini-saias?? Como pode em uma época que estamos nos abrindo pra uma pluralidade cultural, que um decote e uma mini-saia já não são coisa do outro mundo, uma atitude dessas pode ser aceita?

E então entramos no terceiro grupo, que é a “turma da zueira”, vê um tumulto acontecendo e como não está participando diretamente, só faz voz pra que o barulho aumente, ou seja, irresponsavelmente transformam algo que já era ruim em péssimo e faz repercutir mais ainda, as pessoas começam a ofender alguém sem nem saber o por que. Como disseram, foi um tal de “taca pedra na Geni”, como se muitas das mulheres que xingaram não tivessem um desejo de sair assim provocando os homens, e como se muitos homens não quisessem um “joguete” de provocações assim, mas como era um grupo contra uma, ela se tornou a “puta” nessa humilhação pública hipócrita que fizeram com a menina.

Já falei e volto a frisar, ela foi irresponsável por ter ido vestida assim, mas como dizem um erro não justifica o outro, e todo esse besteirol hipócrita foi muito maior do que um erro da guria...


30 comentários:

Mabia Barros disse...

Esse papo sempre me irritou um pouco... "ah! pq a menina tava com uma roupa curta e aí a culpa é dela se ela for estuprada..."

Rolam estupros mesmo em mulheres de burca, então, não me venham com esse papo!

Mas o q me dói mesmo é quando dizem que ela nem tava nua. Pergunto: e daí? Se ela tivesse nua e ainda assim não quisesse, foda-se o cara! É estupro do mesmo jeito!

Rogo pelo dia em que maridos sejam presos por tentar ou por estuprar a esposa no Brasil. Nisso os EUA tão mais avançadinhos...

No Brasil, se o cara estuprar uma prostituta, a empregada, a esposa, uma mulher de biquini na praia... tudo pode, né?

Já viram o tamanho do contrassenso(isso ficou assim depois da reforma ortográfica???)? N se chega nas mocinhas de biquínis ínfimos na praia, mas se ela sobe no ônibus, já pode.

O que me alegra é o consolo de que, mesmo entre bandidos, estuprador não tem vez e é castigado. Mas isso me lembra que tem alguma coisa errada com as nossas leis, não?

Sarah disse...

parece uma história de cachorros atrás da cadelinha no cio, nao é? Triste ver muleques, jovens que estocam espermatozoides. O pior de tudo, é que só tem coragem de fazer essas gracinhas no coletivo, em matilha... como bem disse, nao justifica a bisca ter ido assim a faculdade, né? bom senso!

Driks disse...

Olha eu concordo com os gritos.
O que ela queria era fazer zona mesmo,ir para a faculdade quase nua e achar que os caras nao iam cair pra cima?
Odeio gente assim,logo mais estara no prigrama da Gimenez rs.

Bjk

Andreas Ribeiro disse...

Mabia, o que eu quis dizer com ela não estava nua, é que ela estava como uma outra mulher qualquer, por mais que fosse uma roupa chamativa, era só uma roupa.... Nua todos sabemos que ela estaria infringindo a lei e indo de contra a todo o conceito social... e não que ela iria querer algo com ele por causa disso...

Desabafando disse...

Olha, eu li essa notícia no jornal hoje e fiquei meio chocada. Acho que a culpa é de ambas as partes. Lógico que se vc vai com uma roupa curta e sem calças (que foi o que li) vc atrai a atenção dos homens. Será que ela queria isso? Ou será que se espantou com o que aconteceu? Nào dá pra saber...mas por outro lado, os homens também estão errados em agir como agiram. Condenando-a e julgando pelo que ela usava. A sociedade parece estar mais moderna, mais tolerante, mais adepta a liberdade mas no fundo não é bem assim né?

Emiliano M disse...

Fazia tempo que não ficava assim com vergonha de ser um representante da raça humana. Fiquei terrivelmente indignado com essa coisa toda...
.
Muito triste ver jovens supostamente com nível universitário agindo como pré adolescentes. Muito triste ver a hipocrisia da nossa sociedade (será que todos aqueles jovens deixam de assistir "panico na TV" por conta da impudicicia da mulher melancia?). Muito triste tudo isso.
.
Sobre o vestido vermelho curtinho da menina. De boa, não é nada diferente do que eu vejo umas meninas usando por aí em tantas outras universidades. Isso também me entristece.

E claramente ninguém quer tratar o assunto com o mínimo de maturidade. Como disseram ai em cima, logo essa menina vai estar no programa da Gimenes. E o pessoal vai continuar, na mesma medida, assistindo a mulherada com bunda de fora na TV, e apedrejando as "putas" expostas pela multidão insandecida.

é isso aí...

Paz

Maica disse...

Bem, como o Andreas já citou no post, todo esse alvoroço não passa de pura hipocrisia, pois em um país como o Brasil ,que exibir o corpo já pode ser visto como algo banal ;uma mulher usar um vestido curto causar todo esse tumulto, chega a me dá nauseas, porque owww povo falso, sem caráter o dessa Universidade.A moça pecou sim, ao ir com uma roupa inapropriada,mas daí ter que sair escoltada pela policia é muita palhaçada.

ps: Hoje ao chegar da minha universidade,que por sinal é com certeza melhor habitada que essa Uniban aí, me deparei com uma grata surpresa.Minha almofada de sushi chegou...Ela é muito fofa e ainda veio com um embrulho lindo,ganhei meu dia...bjo, Maica ;)

Lilly Moura disse...

Eu vi a reportagem. Penso que todo temos o direito de vestir o que queremos... cabe a cada um assumir as consequencias futuras. Um caso "parecido" aconteceu em Salvador, com a Banda o Troco com a musiquete: Todo enfiado. ONde uma garotinha subiu no palco e dançou com tudo enfiado... Sim .. ela teve que assumir as consequencias futuras.... MASSSSSSSs ninguem tem nada a ver com a vida dela ...

O negoço é ser sensual sem ser sexual!!

Dama de Cinzas disse...

Concordo contigo, a culpa menor é da mulher sem noção... A culpa maior é de homens que não evoluíram nada... Lamentável!

Beijocas

Ana Paula de Thomaz disse...

Um pouco longe da frase " os fins justicam os meios"
De fato de uma mulher se vestir de maneira adequada ou não, homens se espécie alguma tem o direito de usar de atos libidinosos com uma mulher trajando um biquini, saia ou uma roupa de apicultor. Isso infelizmente o Brasil ainda é muito atrasado e esta bem longe de uma evolução plausível.
Convenhamos que a menina também não tem o minímo de bom senso, todo mundo esta careca de saber que roupas curtas não são permitidas, em instituições de ensino, assim como no trabalho ou será que os alunos devem receber ao ingressar na Universidade a cartilha que pode isso e não pode aquilo. Além disso vi uma entrevista dela na TV no qual ela pretende processar a Universidade, será que ela não tinha outra forma de se promover? Longe de criticas de qualquer Universidade, mas se fosse a minha uma Presbiteriana de SP, certamente ela seria barrada já entrada pelo segurança, até mesmo para evitar constrangimentos futuros.
Viva a mini saia, Viva também quem sabe usa-la.

Joao disse...

Agora estão aparecendo umas fotos da suposta roupa que ela estava usando. Não vi nada demais. O Brasil é o país da hipocrisia. Vemos todas as noites e infelizmente dias também, mulheres seminuas (com bem menos roupa que essa desafortunada) desfilando em nossas TV´s e as chamamos de "celebridades". Mas qdo uma moça, talvez influenciada por essa falta geral de bom censo e compostura, se aventura com roupas mais ousadas (vale ressaltar que a palavra "ousada" tem um conceito muito abstrato), é chamada de p... por um bando de moleques que se a vissem na TV, chamariam de "Deusa".

Bia Firpo disse...

Cara desculpa mas não acho que a menor culpa seja a dela, acho que fica pau a pau com os caras ou, senão mais até. Não sou uma pessoa machista, não sou MESMO, MAS SE VC ESTUDA, TRABALHA OU CONVIVE com todo o tipo de pessoas mesmo que vc goste de roupas curtas e sensuais segundo certos padrões as pessoas tem bom senso, sabem que podem acontecer certas coisas, que se colocar um vestidinho mais ousado vai estar sujeita a comentários e até atitudes, sensualidade , na minha opinião é difernte de vulgar, e acho que nada justifica um estupro ou qqer ameaça, mas acho sim que cada um tem que fazer a sua parte e ter a consciencia de sua ações, é física, cada ação tem uma reação, ok, foi extrema, mas a gente tem que se cuidar, não dá pra ficar confiando na reação ou índole dos outros, tem que se preservar.
Não julgo quem usa roupas super curtas, se eu tivesse um corpo que desse pra usar e ficasse a vontade acho que usaria, cada um usa o que quer, mas vamos ter noção.

lesadenis disse...

hey, vcs precisam ver este outro vídeo!

http://www.youtube.com/watch?v=9y7wosT7oy8

Tamy disse...

sinceramente,tantac coisa pra gente se preocupar e se encomodar nessa vida e essas pessoas fazem isso com essa garota... queria ver se fosse um político corrúpto se essas pessoas fariam a mesma a coisa!!!! idiotice !!!

Luh disse...

Olha, estudo com muitos homens e vejo o quanto eles ficam louuuucos quando vêem as meninas da facul com roupas mais ousadas. EU acho que faculdade não é um lugar para desfilar,ir com roupas ousadas ou qualquer tipos desse #mimimi todo. Prefiro ir de jeans, camiseta, all star. Me sinto super bem! Mas é uma coisa MINHA! É claro que a guria tem todo direito de usar o que ela bem entender! But.. que arque com as consequencias! Mas nada mesmo justifica o vandalismos desses 'meninos'. Será que voltamos a idade da pedra?? Acho um absurdo!!!!!Mexer, brincar, zuar... pode tudo, mass com limites e respeito!!

reidodrama disse...

Vi a reportagem e a cara e o vestido da moçoila. Até que ela saiu no lucro teve neguinho que ia gritar "Baranga".

Patricia disse...

essa história é um absurdo... a mulher pode usar o que ela quiser que deve ser respeitada. isso é meio difícil dos homens conseguirem entender, às vezes é impossível, como vimos aqui! ameaçar de estupro e chamar de puta por causa disso, sério, ridículo!

bjs

Aninha Melo disse...

Realmente nada justifica o comportamento dos homens,mas essa moça queria causar no minímo alguma coisa do gênero,pq ninguém se veste de forma vulgar a toa...por mais moderno e liberal q seja o mundo hoje,as pessoas sabem bem o qto todos ainda são cheios de preconceitos!
O caso dela foi uma questão de senso crítico também,não se vai a uma faculdade com roupas ousadas,muito menos com roupas quase íntimas.Mas também não é certo humilhar uma pessoa,dessa maneira por causa disso!Ah bom,p mim nessa história ta todo mundo errado!

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Pena que o vídeo foi removido!!!!

Déia disse...

É, não devemos confundir certas coisas.

Que ela estava inapropriada, sim.
Que vestido curto se usa no clube, praia , etc...ja sabemos também.
Aposto que a mãe avisou..mas ela não obedeceu, quis chamar a atenção e conseguiu!

Agora, esse fato não faz dela uma puta. Nem indica que ela deseja ser estuprada.
Ela apenas queria sair de "gostosona" e o tiro saiu pela culatra!

Tomara que ela entenda, que postura, limite e noção, nunca fizeram mal a ninguem.

bj

Kety disse...

olá
Bem.. sejamos sinceras, essa historia de que a culpa eh da mulher soh por estar vestida de forma vulcar eh balela.
Qdo ouço isso sempre comento: ah intaum se eu ver um gato sem camisa vou poder agarrar e abusar na caruda?
- as respostas variam entre pode pois homens sempre gostam de ser abusados e naum pq "vcs naum tem testosterona" ¬¬' - Sim sabemos q os hormonios influenciam muito, mas naum somos animais e ainda nossa mente consegue controlar, até pq se naum fosse assim teriamos a maior parte dos homens agarrando e abusando de meninas inocentes, tbm sempre me vem uma pergunta: pq com uma saia ou um decote eles ficam taooo atiçados mas na praia o bikini normal naum os dxa do mmo geito
???
Prefiro nem comentar neh
¬¬

mas axo q jah intenderam neh
=p
bjus

Tamiris disse...

Acho que as pessoas causam por muito pouco sbe?!
Na tv tudo é lindo,todas são gostosas e a mian vai assim pra facul e é puta?humm duvidosa essa opnião.
Mas também acho que todo mundo deve ter bom senso ao se vestir e saber o que vai aguentar ao usar micro vestido!
Ficadica

Emylianny disse...

Se é tão criminoso assim andar praticamente com as vergonhas a mostra como diria minha vozinha que seja aberta a temporada de caça as mulheres fruta ,garotas da laje e loiras do tcham ...pelo amor a garota qr andar pelada, eu não acho isso bonito, mas é um direito dela(desde q ñ seja atentado violento ao pudor que não creio ser o caso ou ela teria sido detida) meu povo é a vida dela, é o corpo dela o que que essas pessoas tem a ver com isso e essa hostilização despropositada..sério eu não entendo ! E a coisa ainda piora qndo vemos que haviam mulheres encorajando um ato de preconceito desses q além de absurdo é uma baita hipocrisia q mulher nos dias de hj nunca usou uma minissaia ...pra definir isso só com palavras do tipo retrocesso,selvageria...burrisse.

SuNshyne disse...

Oieeeeeeeeeeeeeeee!
Então sabe, se essa mulher queria aparecer ela conseguiu os 15 minutos de fama dela, pq pra usar um micro vestido desse, com tudo de fora e ainda mais vermeho é querer aparecer!
Então, acontece que "As mulheres não fazem os homens passarem por idiotas, a maior parte deles faz isso por si mesmo.", so caras ficam com o pau duro e só quer saber de meter , são pior que animais , pq o animal tem a epoca do cio esses não!

Gabbi Leão disse...

Consideração 1: No Brasil temos liberdade de direitos, desde que não seja infringida a lei, podemos usar o que bem entendemos, inclusive vestidos curtos e rosa. Tenho certeza que se ela estivesse com a bunda de fora, ela não entraria na faculdade (porque eu estudo na Uniban Osasco) e mesmo no trajeto até a facul, alguém já teria chamado a polícia para ela.

Consideração 2: Estupro é crime. Se o ato sexual não for consensual, é crime. Não adianta chegar diante do juiz ou ao delegado ou aos seus companheiros de cela e dizer: “Mas o vestido dela é tão curtinho que eu achei que ela tava querendo!”.

Consideração 3: Supostamente seres humanos são animais racionais. Diferentemente dos cães que ao sentir o odor da fêmea no cio, vão lá e mandam ver; nós temos a OPÇÃO de pensar e dizer: “Gostosa, hein! Mas ela nem olhou na minha cara, quem disse que porque ela está de vestido rosa curtinho, ela vai querer fazer sexo comigo?”

Consideração 4: Puta: sinônimos Prostituta, marafona, rameira, meretriz. Adjetivo. Significado: Mulher que pratica atos sexuais em troca de dinheiro. Resumindo, ela é estudante, né? Procurei em vários dicionários e não achei como sinônimo de puta estudantes de turismo que usam trajes “inapropriados”.

Consideração Final: Trajes Inapropriados... O que são trajes inapropriados? Aqueles estabelecidos por um regulamento interno da faculdade, ou aquele que atinge os nossos pré-conceitos? (Pesquisei por diversas vezes TODOS os regulamentos Uniban e não achei nada que falasse de trajes...)

Gabbi Leão disse...

Consideração 1: No Brasil temos liberdade de direitos, desde que não seja infringida a lei, podemos usar o que bem entendemos, inclusive vestidos curtos e rosa. Tenho certeza que se ela estivesse com a bunda de fora, ela não entraria na faculdade (porque eu estudo na Uniban Osasco) e mesmo no trajeto até a facul, alguém já teria chamado a polícia para ela.

Consideração 2: Estupro é crime. Se o ato sexual não for consensual, é crime. Não adianta chegar diante do juiz ou ao delegado ou aos seus companheiros de cela e dizer: “Mas o vestido dela é tão curtinho que eu achei que ela tava querendo!”.

Consideração 3: Supostamente seres humanos são animais racionais. Diferentemente dos cães que ao sentir o odor da fêmea no cio, vão lá e mandam ver; nós temos a OPÇÃO de pensar e dizer: “Gostosa, hein! Mas ela nem olhou na minha cara, quem disse que porque ela está de vestido rosa curtinho, ela vai querer fazer sexo comigo?”

Consideração 4: Puta: sinônimos Prostituta, marafona, rameira, meretriz. Adjetivo. Significado: Mulher que pratica atos sexuais em troca de dinheiro. Resumindo, ela é estudante, né? Procurei em vários dicionários e não achei como sinônimo de puta estudantes de turismo que usam trajes “inapropriados”.

Consideração Final: Trajes Inapropriados... O que são trajes inapropriados? Aqueles estabelecidos por um regulamento interno da faculdade, ou aquele que atinge os nossos pré-conceitos? (Pesquisei por diversas vezes TODOS os regulamentos Uniban e não achei nada que falasse de trajes...)

*Cah* disse...

Eu acho isso o fim da picada!

Chamaram ela de puta, mas se fosse uma puta mesmo num estaria nem ligando pro falatório e pelo ibope que deram a ela e apenas daria o preço!

Mundo ridículo!
Essa sociedade se auto degrada!

É tudo uma questão de gosto, eu também não vi a roupa da guria, mas acho que as pessoas podem andar de biquini na cidade sem ser considerado atentado ao pudor né!?

Ela tava sem calcinha?!
rs rs!

Bom... eu acho que a mídia exagera tanto nesses casos ridículos que nem deveriam aparecer! Mas é a vida... é o Brasil manipulando todo mundo!

Beijos mil turma do divã!

Drêycka disse...

Sabe o q eu acho???
Q ela devia aprontar muito na facul. Sempre ela ia provocante, recebendo piadinha, gostando, provocando ainda mais... Qdo ela chega com aquele vestido (eu vi, era curtíssimo.) com aquele corpo ENORME que ela tem... lascô! o povo ficou passado! Mas duvido q alguem iria estrupá-la ali no campus... pelo amor de Deus. A maioria ali era a turma da zoeira... Ela tava era gostando do IBOPE.

Foi prum monte de programa de TV... Eh puta mermo, sô!

Garota Enxaqueca disse...

Olha, moça, acho que vc é a primeira que dá alguma culpa a moça em questão. Concordo com vc, um erro não justifica o outro. Porém, a mulher em questão realmente gosta de chamar atenção.

Daí, conseguiu. Está na TV, está na mídia e daqui há uns 2 meses está em alguma revista masculina.

Repito que é claro, não justifica o que aconteceu. Foi efeito bola de neve mesmo. Ela não tinha noção da proporção que a coisa ia tomar. Realmente ela poderia ser apedrejada se a polícia não chegasse. Entretanto, já li por aí que uma das "amigas" dela está adorando a fama, que o orkut "tá bombando", etc e tal.

Se tem gente que não entende um monte de alunos que já deviam estar bêbados na hora, gritando para a mulher que ela era puta, queria eu entender o que passa pela a cabeça de uma mulher que acha que é legal ter o orkut "bombando" por ser amiga da outra que foi chamada de puta...

Bebel Sousa disse...

Na minha opinião a culpa é geral! E tudo isso indica...falta de educação. Da menina sem noção que veste uma "blusa" para ir para a aula, de um monte de marmanjos sem-futuro e um monto de meninas que ou estavam com inveja ou queriam se sentir superior e mais um monte de gente que queria só participar da bagunça!!