terça-feira, 1 de julho de 2008

Homens-Investimento

Bom, vou começar aqui uma "sessão" que por enquanto terá 2 partes, que foi idealizada pela nossa querida Anna Oh! e desenvolvida por ela, por mim e pela nossa charmosíssima Penélope!!!
São definições de homens, com fito especificamente humorístico, mas que temos certeza que terão um pouquinho de verdade para todos! Então escolha seu homem-negócio predileto e vá fazer suas aplicações!!!

Homem-poupança: é um investimento a longo prazo; você vai lá, deposita alguma coisa, às vezes tem uma ansiedade danada pra sacar tudo o que tem direito, mas se fixa que seu intuito é poupar... talvez se poupar. Os rendimentos são poucos, mas pode ser que daqui há um bom tempo ele acabe valendo alguma coisa. No fundo no fundo, você só investe nele pra não sair descontrolada gastando suas investidas com todos os outros.

Homem-Bolsa de Valores: ele é confuso, instável. Ninguém entende seu funcionamento e investir nele parece sempre arriscado. Tem picos e oscilações muito imprevisíveis.

Homem-Bradesco: é completo. Por que porta você quer entrar? Lógico que toda essa gentileza tem um preço. E vai te custar caro, amiga. O homem Bradescompleto vai cobrar de você cada ato de bondade, seja com o seu tempo, seja com suas atitudes...
Dica? Conta-fantasma!

Homem-Jogo do bicho: ele é ilegal, mas você faz sua fezinha. Um dia ele larga a esposa e legaliza a coisa com você. Quem sabe ele seja um touro... uuuu... mas pode sair um 24.

Homem-Loteria: Ah, mesmo sendo jogo de azar, é legalizado. O problema é que você vê toooooooooooooooodo aquele prêmio e ele nunca é seu.

Homem Nasdaq: é uma variação do bolsa de valores. Ele vive em baixa, sempre está em queda. É o pior do time, o cara que nunca vai dar certo, que faz tudo errado... coitadinho.

Homem-Bingo: você aposta todas as suas fichas, se descabela com a esperança de ganhar. Acaba viciada, sem energia e não ganha prêmio nenhum.

Homem-Cartão de crédito: só te dá prejuízo, mas proporciona momentos de grande prazer. Na hora da compulsão, é o que há.

Homem Itaú: Feito pra você! Você gosta de tal coisa? Ele também. Achou aquele filme o máximo? Poxa, ele também achou! Acontece que eles sempre são Itaú nos primeiros meses, depois segura...

Homem-Unibanco: Nem parece homem, promete mundos e fundos, mas quando você provar, não vai ser nada daquilo, verdadeiro investimento em ouro de tolos.

Homem-crediário: você não vê a hora de se livrar dele... pra arrumar mais um!

Homem-consórcio: Todas investem, esquecem que ele existe e quando menos esperam, são contempladas


Tem mais algum homem-investimento para contribuir com nosso rol? deixe nos comentários!!

Criado por: Anna Oh!, Andreas Ribeiro e Penélope A Charmosa.
Beijos
Andreas

5 comentários:

morena disse...

oie
amu seu blog
seus penssamentus são d++
vc ja ta na minha pagina de blog favoritus
tm comu vc me linkr?
beijinhus

*Dulce Herrera* disse...

AMEEEIII
esse foi uns dos melhores posts do blog até hj (se não até o melhor)
e eu seei q em mta coisa otima vindo aeeee!!

Parabéns equipe Divã Rosa Choque!!
We Rules! Congratulations!!

O blog tá ficando cada dia melhor!!

Tinha disse...

Meu Deus, se eu tivesse vocação para a coisa, já teria virado lésbica...
Mas, vou seguir resignada com meus homens-bingo pra curar a dor-de-cotovelo daquele homem-loteria, enquanto meu homem-poupança não chega, afinal, investimento pra comprar a nossa paz, só se for a longo prazo mesmo!

Adorei, pessoal, show de bola!
Beijinhos!

Mah* disse...

uahuahuahuahua...

Muito legal este espaço!
Como surgiu o Divã Rosa Choque??

P.S.: Quero agradecer a visita do Andreas ao Palavras ao Vento (meu blog), todos estão convidados a dar uma passadinha por lá!

**Beijos, Mah**

; )

Anna Oh! disse...

Olá!! Respondeeeendo...

o espaço de links tá passando por reformulações, logo mais entraremos em contato com vc, moça, pra conversarmos sobre isso. Eh sempre mto gratificante receber comentários assim =)

ah, o divã surgiu com alguns amigos que estudam psicologia juntos, e que depoisa agregaram amigos e amigos de amigos. Tudo isso pra escrever sobre o mundo feminino e coisitchas cotidianas.
Passarei no seu blog, Mah!

Bjus