sexta-feira, 20 de junho de 2008

Sentimental...

Não sei o que acontece, mas todo mundo deve ter esses dias de descontrole emocional - que às vezes sim, tem vínculos íntimos com a TPM, mas que às vezes não tem nada a ver – e eu falarei dos casos que não tem nada a ver.
Mesmo sem razão aparente a grande muralha de “pessoa de humor constante” desaba. Na maioria dos casos, tudo o que precisamos é de um agente estimulador (frisando que não há nenhuma teoria fantástica de psicologia envolvida no negócio, mas só minha humilde filosofia de boteco). O tal agente estimulador é o bode expiatório para toda aquela emoção, sentimentos borbulhantes que você colocou debaixo do tapete, acompanhando muita poeira e demais sentimentos non gratos.
Acontece que, em uma sociedade de aparências como a nossa, demonstrar os afetos (bons ou não) é proibido, tanto quanto aparenta ser um crime ser visto chorando; internalizando tais valores, jogamos toda a sensibilidade em qualquer lugar capaz de escondê-la e seguimos mascarando.
Sob a influência do tal estimulador, que poder ser qualquer coisa (lá vão minhas exemplificações: cenas de filme que não são tão tocantes assim, uma notícia, o último capítulo de uma novela que você não acompanhou, um comercial – aaaah, os comerciais são especialistas no sentimentalismo barato e na arte de evocar sentimentos recalcados- fotos de paisagens de lugares que você sabe que nunca vai visitar, enfim, os estimuladores não causariam tal impacto em outras ocasiões, você reagiria normalmente a eles).. retomando: sob a influência do tal do raio do estimulador você se desmaaaancha, pobre manteiga derretida, pode começar a choramingar, a dar fungadas e tals. Quem nunca se sentiu assim?
O post foi inspirado por uma maluquice da colunista que vos escreve, que ficou emocionada com a notícia de que o príncipe do Japão viria ao Brasil e abraçaria velhinhos de 99 anos. Não, eu não tenho nenhuma descendência japonesa e não sou uma velhinha de 99 anos. Os estimuladores realmente são muito estranhos...

5 comentários:

Rosa Canela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosa Canela disse...

Oi Anna ...aiii e como são estranhos estes estimuladores né ?? kkkk
Tb me sinto assim, tudo me fazendo xorar mesmo quando o preriodo da TPM já passou a decadas ...

Somos mulheres-sentimentos talvez seja por esconder demais que uma hora tudo vem a a tona...

Agora imagine isos na TPM ..?? Pois é meu caso hj ...kkkkkk

Beijos ótimo final de semana

Rosa

Andreas Ribeiro disse...

Tadiiiinha da Anna... não chora, eu vou tentar te encaixar na turma que levará abraços do principe, blz?

hehehehehehe

Mas é... tem coisas que nos comovem quando menos esperamos!!!

Vamo liberar esse recalcado ae, antes que a próxima visita internacional te deixe depressiva... hahaa

beijos!! ótimo post

vanessa disse...

Cada emoção estranha q passa por nós, hein??

Queria entender um pouquinho mais sobre mim mesma!!

^^

Beijos, adorei o blog
Participa sempre da comu "Ter ou não ter namorado"

*Dulce Herrera* disse...

Sabe um estimulador meu?
Uma vez q eu vi uma propaganda de uma menininha q pegava o avô pela mão e levava ele pra tomar vacina!
Chorei horrores! Pq eu naum tive vô (o materno morreu qndo eu tinha 6 meses - na copa de 86, e o paterno - o espanhol, qndo eu tinha 1 ano)
Minha TPM é sempre assim...
Choraando
Eu nunca fico brava, só extremamtente triste, e seeempre choro.
Por coisas extremamente bobas e sem sentido!!