quarta-feira, 19 de agosto de 2009

As Desesperadas

Houve um tempo em que a mulher não era nada sem um homem; primeiro, estava sobre os cuidados patriarcais, depois permanecia sob os poderes do marido, daí embuchava e submetia toda sua vida aos filhos, e a meta era sempre criar bem um filho homem. Freud diz que quando a mulher vivencia o Complexo de Édipo (a grosso modo), rivaliza com a mãe, deseja ter para si o pai e, posteriormente, ter um filho deste; Lacan complementa que, superado o Complexo, essa mulher (já adulta) se “realizaria” tendo um filho... homem (o falo)! A conclusão é que: durante séculos estivemos submetidas à necessidade de ter um homem e, até inconscientemente isso acontece! Nossa imaginação, desde quando éramos menininhas, é permeada pelos fantasmas das princesas que só foram “felizes para sempre” quando encontraram os tais príncipes. E aí crescemos acreditando nessa balela.
Isso resultou numa geração de mulheres DESESPERADAS. Sim, aquelas loucas, que enxergam um pretendente em cada ser do sexo oposto que cruza seu caminho, que chamam (que medo!) as baladas de “ir à caça”, que topam encontros marcados as escuras, encontros arranjados e recomendações de amigos (o seu nível de desespero é proporcional à quantidade de encontros arranjados nos quais você se enfia!), enfim, são gurias que deixam de ter uma vida saudável para viver em função da busca de um namorado. É toooooda uma personalidade estruturada pra cair no bom grado dos homens: se interessar por assuntos que eles gostam, se vestir como eles gostam, estar gostosa para eles e blá blá blá. Vive-se em função de arrumar um namorado, não uma vida que satisfaça as próprias vontades.
As desesperadas geralmente revoltam-se ao perceberem que a descabeladinha, a desencanada, a não tãoooo bonita, a que não tem aqueleeeee corpão, enfim, a que não tem tuuudo o que ela tem, sim, elas ARRUMAM namorado. Por que?
A desesperada é de fácil (facin facin) acesso, o que viabiliza comidinhas de estilo fast, sem repeteco e com direito a sumiço do pretê. Ele some porque sabe que você, desesperada, é uma fria. Claro, xuxu, você ta desesperada! Você não vai se apaixonar pelo cara, pelo que o cara é, mas simplesmente porque ele pode ser seu namorado! Vai ser sem critérios: usa cueca e não ta furada, é um candidato pra que você se apaixone. Que homem quer se prender numa relação baseada na fantasia doentia de uma mulher desesperada? Quem quer que a namorada esteja apaixonada por algo que ela mesma inventou, e não o verdadeiro “você”?
Acho que a moral da história é: cuide da sua vida. É, isso mesmo! Pense no que VOCÊ quer, nos programas pra SE divertir, e não numa caçada louca pra ser tudo o que um homem quer em uma mulher. Assim, se rolar uma paixonite, que seja algo de uma pessoa real, para uma pessoa real...
Quando você está bem consigo, chooooooooooooooooove bofe. Aleluia!
Agora sossega o rabo, menina!

25 comentários:

Andreas Ribeiro disse...

hahahahahaha

Mandou mtooo bem anninha!!!!

Agora esse papo de chover bofe, ta com nada =P

Beijosss
Andy ^^

Páginas da minha vida disse...

amei o post!!!!
mulher desesperada, é a vergonha da raça feminina...kkkkkkk

bjs

Sarah disse...

hauhauhua adorei Anna!
mulher q nao vive sem homem q acham homem status social, q ter um homem é mais valioso q um bom emprego e etc... e ta é cheia! rs

obrigada pelos comentarios la no blog!
Beijinhus!

Taiina* disse...

hahahaha
Mas quem nunca se pegou, ao menos uma vez na vida, desesperadamente pedindo a Deus que mandasse logo esse principe encantado no seu caminho?
Faz parte! haha

Adorei, beijinhos

Taynara disse...

É isso mesmo.. Essa parada de chuva é uma mentira.
Concordo q n deva haver desespero, mas apenas estar bem consigo nunca foi solução.

bjxx..!
=)

Neguinha disse...

Amei o post, pura verdade esse desespero feminino... bjss

Menina Voluvel disse...

uahsuahsuahsu
A-D-O-R-E-I

\O/

Renata Bittes disse...

ahh adorei! Concordo com o q vc falou. E eu acho q dá msm forma nós, mulheres, não queremos um homem desesperado.


bjs

Dai disse...

Eitaaa..e quando estamos desesperadas, acabamos nos estrumbicando.
Ja passei fase dessas.
Apoio em tudo.
Adorei a tirinha..

Beijinhos...

Natália disse...

Homem pra que, se existe chocolate? hahah bjbj

Crisenta disse...

annaaaaa concordo com vc em numero genero e grau viu! eu particularmente nao mi encaixo nas desesperadas pq sou mto relax com essa coisa se homem si rola rolou, si eu tiver que namora vo namora si e pra fica solteira que fique e aproveite toda as vantagesss haha! mais eu conheço mta mulher que precisa da uma relaxa viu? haha vive em função de achar um caraaa, mto triste so lamento pelas desesperadas kkkk beijos

Desabafando disse...

ahahahahah....gostei muito do post, assino embaixo....parabéns, ficou muito bem escrito e gostei bastante mesmo do conteúdo! E eu ainda acho que boa parte da idealizaçõ das mulheres está no fato dos filmes de princesas com finais felizes pra sempre.

Olhos e pensamentos disse...

o MÁXIMOOOOOOO

Dama de Cinzas disse...

Muito boooooom! É exatamente o que venho conversando com as minha amigas mais próximas... Sobre esse desespero feminino de ter que ter um homem ao lado, nem pra isso ele seja um traste...

Graças a Deus, passei dessa etapa. Tenho um ficante, mas não vejo ele como namorado. Gosto da minha companhia e só quero trocar minha "solidão" por alguém que apareça naturalmente e que valha à pena.

Beijocas

Barbie Girl disse...

Que blog mais encantador, me apaixonei!!

Um beijo e tenha um belo dia!

Catherine disse...

concooooooooooordo xD
desespero só afssta o gatenhoos.

Luana Motta disse...

Anna,

Muitíssimo obrigada pela visitinha tb em meu blog! Fiquei muito feliz!

Estarei sempre aqui bisolhando seus posts, parabéns pelo blog.

Beijocas
Lua

Barbara Góes disse...

anna oh arrasa!

Mirian Carla Villaça Barbosa disse...

Adorei post e realmente acho que parte desse desespero é em função dos contos de fadas, que hoje em dia aparecem na forma de "Comédias românticas".

Adorei a tirinha, muito mesmo!

beijoooones

Ane disse...

Contos de fadas,brincar de casinha.Empurram a gente desde novas a querer um príncipe,casar.

Concordo plenamente que não deve haver desespero,mas ficar desencanada não faz chover bofe,mas pelo menos,faz vc ficar mais feliz :))

;**

Juliana Dacoregio disse...

Obrigada por linkar o Luxo Básico! Não consigo linkar muitos blogs lá na minha barra lateral, mas todos os sábados vou indicar alguns "blogs que são um luxo" e vocês estarão lá, com certeza! beijão

Morango sem chantilly disse...

hahahahahaha... ainda bem que ando solteira convicta!

Olhos e pensamentos disse...

Blog atualizado, te vejo lá!!!
bjs
http://olhosepensamentos.blogspot.com/

Raela Migliesi disse...

Mais um blog maneiro sobre o universo feminino.

Se puder, visite o meu: www.mulheresqueescrevem.blogspot.com
Abraços!

Adélia Nenevê disse...

The best !
Qdo tu falou q a mulher tem necessidade de ter um homem, está certíssima, e nada melhor que um filho, uma produção independente como eu fiz, tenho um anjo de 02 anos e meio q é a razão da minha vida, e vivo muito bem sem homens "adultos" hahahahaha
Viajo, conheço novas pessoas, faço amigos e não penso em paixonites e futilidades. Nada como um bom objetivo de vida !

Bjs !