segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Marco se ha marchado para no volver...

Chega de inglês. A presente tradução cretina é de uma das maiores fossas infanto-juvenis dos anos 90. Com Laura Pausini, La Soledad (o.k, eu peguei a spanish version porque é mais bonito que em italiano. Colunista ditadora mode on). Vamos, chiquitos!

Marco se ha marchado para no volver,
El tren de la mañana llega ya sin él,
Es sólo un corazón con alma de metal
En esa niebla gris que envuelve la ciudad.
Su banco está vacío, Marco sigue en mí
Le siento respirar, pienso que sigue aquí,
Ni la distancia enorme puede dividir
Dos corazones y un solo latir

Marco foi embora para não voltar,
O trem da manhã já chega sem ele,
É só um coração com alma de metal,
Nessa neblina cinza que envolve a cidade
Seu banco está vazio, Marco permanece dentro de mim,
Sinto ele respirar, penso que continua aqui,
Nem a distância enorme pode dividir
Dois corações que batem como um só

Marco zarpou e deixou a mocinha chorando, cheia de lembranças escolares e blá blá blá. Marco se fue, querida... deve estar se enroscando com alguma dançarina de tarantella enquanto você choraminga. Marco es un perro.

Quizá si tú piensas en mí
Si a nadie tú quieres hablar
Si tú te escondes como yo,
Si huyes de todo y si te vas
Pronto a la cama sin cenar,
Si aprietas fuérte contra tí
La almohada y te echas a llorar,
Si tú no sabes cuanto mal
Te hará la soledad

Quem sabe você pense em mim
Se a ninguém quer falar
E se você se esconde como eu

Se foges de tudo e vai

Dormir sem jantar,

Se aperta forte a almofada contra você

E começa a chorar
Se você não sabe quanto mal

Te fará a solidão


Marco ta pra outras bandas e você imaginando que o rapaz chorou um Tejo. Nem vem. Cê sai no lucro se socar o travesseiro. Ele pode estar se empanturrando numa festa na nova moradia, com vinho, muié e cachaça. E a moça chora, chora, chora...

Miro en mi diario tu fotografía
Con ojos de muchacho un poco tímido,
La aprieto contra el pecho y me parece que
Estás aquí entre inglés y matemáticas.
Tu padre y sus consejos que monotonía
Por causa del trabajo y otras tonterías,
Te ha llevado lejos sin contar contigo,
Te ha dicho: "Un día lo comprenderás".

Vejo em meu diário sua fotografia
Com olhos de garoto um pouco tímido,
A aperto contra o peito e me parece que
Você está aqui entre o inglês e a matemática

Seu pai e seus conselhos que monotonia
Por causa do trabalho e outras bobagens,

Levou você para longe sem seu consentimento
Te disse: um dia você compreenderá


Ixi, é o momento de desprendimento. Ela chora, soluça, beija a foto do rapaz. Dou uma semana e ela encarna a incendiária e faz uma fogueira nessa montanha de pepéis. Advertência de trecho de música: amor mal-resolvido atrapalha os estudos. Cuidado!

Quizá si tú piensas en mí
Con los amigos te verás
Tratando sólo de olvidar
No es nada fácil la verdad
En clase ya no puedo más
Y por las tardes es peor,
No tengo ganas de estudiar, por tí,
Mi pensamiento va,
Es imposible dividir así la vida de los dos,
Por eso espérame cariño mio...conserva la ilusión

Quem sabe se você pensa em mim,
Com os amigos se encontrará,

Tentando somente esquecer,

Não é nada fácil a verdade,

Não consigo mais ficar em aula

E durante a tarde é pior

Não tenho vontade de estudar, por você

Meu pensamento voa

É impossível dividir assim, a vida de nós dois
Por isso, espera-me, meu amor, conserva a ilusão

Taí, não consegue estudar. Viu só? E aí ela fica iludida achando que Marco vai esperar que algum dia eles se encontrem, sendo que Marco ta num inferninho europeu, tomando vinho a beça e comendo porperta (interpretem como quiserem). Chora não e estuuuuda, menina!

La soledad entre los dos
Este silencio en mi interior
Esa inquietud de ver pasar así la vida sin tu amor,
Por eso, espérame porque
Esto no puede suceder
Es imposible separar así la historia de los dos

A solidão entre nós dois
Este silêncio dentro de mim,

Essa inquietude de ver passar a vida sem seu amor

Por isso espera-me porque,

Isto não pode acontecer,

É impossível separar assim a história de nós dois

A solidão...

Enquanto você, sozinha, lamenta o vazio... o rapaz tenta preencher os espaços com muchachas e canecadas (muy borracho). É isso aí, espera... espera passar, espera o próximo!!! E se Marco volver algum dia.... mete o dedo na cara do infeliz fujão e chama de muleque! hauahaauahauahauahauahaua


La Soledad - Laura Pausini

22 comentários:

Bertonie disse...


Quizá si tú piensas en mí
Si a nadie tú quieres hablar
Si tú te escondes como yo,
Si huyes de todo y si te vas
Pronto a la cama sin cenar,
Si aprietas fuérte contra tí
La almohada y te echas a llorar,
Si tú no sabes cuanto mal
Te hará la soledad


Perfeita essa musica.
Eu pessoalmente, prefiro a versão em español do que a em italiano, e você?

beigos mil

Carol disse...

Nossa tenho esse Cd, da Laura Pausini, de 1994!!
Adoro essa musoica perfeita de mais!!!
eu aprendi espanhol ouvindo musicas evendo novelas, beijão

Alícia Nash disse...

Fala a verdade Anninha, tú que não achou a versão em italiano (que é muito mais bonita!), entende mais de espanhol, né safadinha?!
uhauhauhauha

Pois é, o Marco é um VIADO com grande parte deles!

= P

Já falei que eu odeio homens, e mesmo assim tô eu quase como a garota da música!

Lari Bernardi disse...

huahauhauahauhauhauha

Perdeu playboy, perdeu!!


;*

Annie Manuela disse...

Hauahuahua
Sua interpretação foi bem realista.
hauhauhauhau

Bjks.

Enxaqueca disse...

Guapa... eu vou usar a sua interpretação na próxima vez que der essa música em sala de aula!!!

Na verdade, eu só acho que você pulou uma parte ao interpretar: quando o pai de Marco descaradamente chama a pobre chica de golpista e o leva pros bordéis pra mostrar que mulher é tudo igual... hahahaha

Besos, besos...

Taís disse...

Hahaha. Amei seus comentários sobre essa música. Gosto do bom humor.
Voltarei mais vezes
Bjos

Karen disse...

Adorei o Divã! Conheci hoje e me identifiquei com alguns posts. Já está na minha lista de blogs preferidos ;)
A interpretação realmente ficou muito boa!

Beijos

vida cotidiana disse...

Com essa sua interpretação toda vez que ouvir a música vou lembrar de você, rsrsrsrs

Tessa disse...

nossa...
anos 90 total... inda bem que acabaram ahaahauahauahua

bjs

Dri disse...

kkkk a tradução assim comentada ficou simplesmente o máximo, perfeita rsrsrs feliz feriado

Pink Rose disse...

Uma amiga minha também gosta mto de música em espanhol. Eu particularmente prefiro as em inglês ou francês.

Mas nao vem ao caso, estou aki pra avisar q tem um selo pra vc no meu blog, passa la dps.

Bjinhuxxx...
Amo seu blog

http://amorfilosofoamor.blogspot.com/

Juliana disse...

ola, o blog 3 mentes perigosas mudou de endereço

http://wejustwannahavesomefun.blogspot.com

bjos!

Rosana disse...

Lembro dessa música, na época eu era doente por LP! KKKKKKKKKK

Renata - Mulheres Separadas disse...

Sem querer ser chata, também prefiro a versão em italiano!!! bjs

Emblemática disse...

é verdade!

Inspirações disse...

Olá amigas! Estou esperando um post sobre estes dias...rs

Preciso de uma ajudinha sua:

Estarei sorteando no dia 28/02, 10 livros "Sinais de Esperança" e para participar basta ser uma amiga e seguidora do blog Inspirações.

Preciso da sua ajuda na divulgação do sorteio...

Um mega abraço...

Cele disse...

hahahahah... Marco es un perro!
Muito bom... adoro as traduções
bjos

Licia disse...

Putz!
Adoro essa coisa sarcastica,esse amargor misturado com um certo ar de deboche,e muita muita inteligencia.

Adorei ter vindo por aqui

De

Pollyanna Carvalho disse...

Pobre menina boba e inocente..... aiaiaiaiaai me lembra alguem....
(dexa queto)
e o marco se ixibindo como o novo garanhão da cidade.....

E ela vai chorar , chorar , chorar.. querer morrer e etc....

alguem precisa alerta-la sobre a vida e sobres os marcos que passão por ela..

Valeska Fernandes disse...

Não vou mentir viu amigas...
Há alguns dias atras eu era a própria garota da música!

kkkkkkkkkk!

Ainda bem q td na vida passa...até uva passa!

Bjinhuus!

Patricia disse...

uahuahua adoooro.
lamentar muy borracho faz parte, é até divertido :)