sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

De frente com Gabi (Diferenças de idade)

E o blog não virou especialista em entrevistas, bate-bolas e coisas do gênero, esse post é pra falar sobre as diferenças de idade num relacionamento, se isso funciona, se atrapalha e/ou como atrapalha...

Eu falo desse assunto com base na minha experiência de vida (até por isso já fui intimado pela Anna a escrever sobre), mas o fato é que namorei por pouco mais de 1 ano uma mulher 18 anos mais velha que eu (pausa para as pessoas falarem “18??? Ohhhh, ta zuando?) É, não estou.... quando nos conhecemos, eu tinha 20 e ela 38!

Muitas pessoas, após essa minha revelação de diferença de idade, da minha então namorada (hoje, devidamente enterrada, como já devo ter citado em algum momento do blog... hehe), vinham com a pergunta “Mas e ae?” esperando alguma resposta que eu nunca soube qual, mas era sempre a resposta “E ae nada, uai...”

Eu comecei o relacionamento com esse pensamento “Idade não muda nada, é só um número...” e de uma certa forma, ainda penso assim... massss, esses relacionamentos tendem a ser mais complicados, porque?

Quando nós escrevemos o post do Arriscômetro, falamos que precisa ter afinidade entre as partes, que os opostos se atraem era balela e que precisam de pontos convergentes. E tendo essa diferença de idade, a tendência é surgirem mais pontos divergentes, não é a idade que atrapalha, mas a visão diferente das coisas, que tende a ser ampliada em idades diferentes...

Se for tentar pegar exemplos, convívio social é quase certo que vai gerar alguma dissonância, ela tem um grupo de amigos mais velhos, com cabeças diferentes, gostos diferentes e tende a não se dar tão bem com a pessoa mais nova. E então os seus amigos, são todos “novinhos”, e ela não vai se adaptar a andar com a “mulekada” e esta gerado um ponto de atrito.

Status é outro ponto, a pessoa mais velha tende a estar mais estabelecida financeiramente, muitas vezes já tem uma carreira bem sucedida com metas diferentes de quem está começando agora, ainda cursando uma faculdade, muitas vezes fazendo estágio e sem estabilidade financeira e isso pode ser mais um fator que gere desconforto entre as partes.

Pra finalizar, o que talvez seja mais importante, as metas de vida. Uma pessoa mais velha, pode estar querendo um filho, principalmente se for mulher e ainda não tiver, pois para elas o período de possibilidades é mais curto, ou então a pessoa pode ter um (ou mais) filho e isso pode ser um fator para “afastar” um pouco o casal e por fim, o famigerado matrimônio, com o passar dos anos, as pessoas tendem mais a querer “botar o burro na sombra”, portanto há uma tendência maior que pessoas mais velhas queiram um compromisso mais “sério”, queiram morar juntas, casar e tals. E as pessoas mais novas tendem a fugir disso como o diabo foge da cruz.... hahahaha e isso também pode acabar com desentendimentos, frustrações etc.

Portanto, um relacionamento com diferença de idade da certo? Sim, ele pode dar certo, mas sim, ele tende a ser mais complicado. Tem que ter muita afinidade das partes, tem que ter muita empatia pra compreender essas diferenças e saber respeitar o tempo do outro e ambos saberem ceder um pouco.

14 comentários:

Málvadinha disse...

Eu acho que não tem grandes problemas na diferença de idade, claro que há excessões e as vzs fica impossivel de ter um relacionamento.
Bom fds!!
Bjs

conversaatrevida disse...

Portanto, um relacionamento com diferença de idade da certo?

Engraçado que se fala TANTO que CADA um é CADA um...
Que NEM as pessoas do mesmo signo são iguais, o que diria DA mesma idade???

Eu acho que parecidas mesmo, só na fase adolescente...Porque faz parte da EVOLUÇÃO de criança para adulto e AINDA assim NÃO são todos iguais visto que depende da história familiar, tem gente que trabalha desde pequeno, tem gente que já é maduro desde os 7, tem mulher de 40 com corpo de GOSTOSA e tem garota de 20 que APAGA A LUZ!!!
...enfim....

As pessoas DÃO ou NÃO dão certo por questão de visões de mundo, por gostos, por desejos de vida.

A idade que elas TEM é só um detalhe que normalmente incomoda mais OS OUTROS do que dentro do próprio relacionamento.

Abraço pra turma do Divã

Atrê

RosanaK disse...

Por experiência própria, eu acredito que a idade não influencia o relacionamento (pelo menos no meu caso). Tenho um relacionamento com uma pessoa 19 anos mais velha que eu e não sinto em nada esta diferença. A única coisa que penso é a questão de filhos...se ele não estará mto velho para filhos...mas tb nem sei se quero, então não me preocupo mto com isso!!!!

Docinho disse...

concordo com absolutamente tudo o q vc disse

eu já vivi algo semelhante
eu tinha 22 anos e o cara 40 ( depois descobri que ele tinha 48)
só q os papeis meio q se inverteram.....eu quero estabilidade e ele soh pensa em torrar, beber... trabalhar?pra q???
sem falar q era inseguro..toda hora tinha q provar q eu gostava dele..um saco isso

no final eu já estava cansada e mandei ele pastar
kkkkkkkkkkkkkkk



bjinhos docinhos

Ice Ice Baby disse...

na minha humilde opinião, a diferença nem é tão problemática assim...o prblema é a época em q a diferença se apresenta, tipo:

15 com 35 não é a mesma coisa q 40 com 60...

Mallu Magalhães e Marcelo Camelo não são Marilia e Giani....

Carolina Diniz disse...

Você falou tão bem que deixou os leitores sem palavras para o comentário, poxa!!!

Enfim, eu acredito que possa dar certo sim. Mas precisa ter muita conversa, muito diálogo, muito amor e muita PACIÊNCIA! Porque atritos acontecem em qualquer relacionamento, seja ele entre duas pessoas da mesma faixa etária ou não. O que acontece é que a tendência a desentendimentos podem ser maiores porque além de lidar com as questões casuais de um relacionamento, você ainda precisará lidar com outros tipos de situações que só acontecem quando existe uma diferença de idade considerável.(Como os citados no post...os amigos de ambos não vão curtir a mesma "pegada" e interesses diferentes entre os dois. )

Ponto positivo: Quando você está com alguém mais velho, os problemas podem ser solucionados mais facilmente, porque você pode contar com a maturidade do outro.


Bjaum e SUCESSO a todos!

Bell Bastos disse...

Realmente, tende a ser mais complicado, mas na minha famíia, tem muitos casos de diferenças beem grandes de idade (quase sempre as mulheres mais velhas com os homens mais novos), e todos esses casos deram bastante certo. =D

Aliás, a minha mãe por exemplo, é onze anos mais nova que o meu pai, e os dois estão casados há mais de uma década.

Loira e Morena disse...

Todos os meu namorado eram mais velhos q eu... a começar pelo priemiro q tinha diferença de 5 anos, até o de hoje q eu tenho 21 e ele 30.
Sempre gostei e nunca tive problemas en me relacionar com pessoas mais velhas, mas concordo com o q disse principalmente na parte financeira e na q os mais velhos ja pensando em ter filhos e tal.. Mas mesmo com isso nos entendemos muito bem, e digamos q eu passei q ver as coisas com outros olhos. Ontem ter um filho pra mim seria loucura, mas hoje se eu engravidasse, teria o filho e acho q no caso até me casaria, pois eu nao teria filho para ser pai e mae sozinha.

Beijaooo da Morena!

Camilla disse...

Ah olha, é difícil para eu falar porque nunca me relacionei com uma pessoa que tivesse uma boa diferença de idade comigo.

Mas eu geralmente não vejo problema nisso. Mais do que a idade em si, o que importa é a idade mental.

As vezes eu conheço um cara um ou dois anos mais novo com uma cabeça muito melhor do que outro com a mesma idade...

Beijos

vida cotidiana disse...

Pode dar muito certo, se os dois se completarem e se respeitarem, porque com a idade vem os gostos e as ideias diferentes. bjs

Mariana Valente disse...

Nossa a Ice falou tudo ai!!! sou dessa mesma opiniao... e o problema tbm no caso são os momentos diferentes que os dois podem se encontrar... por exemplo, quando eu tinha 17 anos namorava um cara de 30... Eu tinha acabado de entrar na faculdade e ele tava terminando a especialização, e isso acabou pesando muito sobre nós e enfim não deu certo... mas pelo menos temos oportunidade de aprender varias coisas um com o outro... Eu sei que aprendi vaaaaaaaarias hohohoho (risada maliciosa)

beijos sabor cereja!

Andreas Ribeiro disse...

Teve muito espaço pra comentário Carolina...

E só um ponto... Contamos com a maturidade da pessoa mais velha, certo?

Errado!!! hehehe idade não é maturidade, quem conhece minha história com a falecida, viu q a maturidade não era um ponto positivo =P

Beijos
Andy

Mary West disse...

Bem eu naum tenho nada contra tb. Mas particulamente prefiro um cara mais novo a um mais velho.

Marie Curie disse...

Pra mim vale mais diferença de idade mental que a cronológica mesmo. Mas é verdade, Andreas, quanto mais velhos o casal for (tipo 30 e 40 anos, em vez de 20 e 30), menos impacto isso tem na relação..

Bjus Andreas!