segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Eles não tem bola de cristal

Já dei muito chilique na vida (vide esse link aqui, há uma clara demonstração). Mas acho que os chiliques mais intensos que uma mulher pode dar são os reprimidos. Sim, sim, aqueles que você vai acumulando, empurrando pra debaixo do tapete com todo o tipo de porcaria que se evita entrar em contato.
Aí, num dado momento, o tapete tem praticamente montanhas e montanhas de coisas debaixo de si. Eis a hora do chilique.
Uma das coisas que empurramos pra debaixo do tapete são as frustrações, aquilo que gostaríamos que acontecesse mas não acontece. E aí ficamos putas da vida, fechamos os pulsos e sacudimos o pescoço, fazendo bico (o.k., as únicas pessoas que fazem isso são a Charlotte do Sex and the City e eu). Se depois dessa cena tooooooda ninguém sacou o motivo da sua chateação é simplesmente porque você não sinalizou.
Não adianta argumentar que “tava na cara, até um idiota perceberia!” ou “ele não faz nada direito, não tem sensibilidade!”... mas... e você, bonita, você expõe?
Querer que o outro perceba magicamente o que você sente é pedir pra se relacionar com paranormais o tempo todo!
Daí, na categoria das mulheres frustradas entram aquelas que tem graaandes expectativas em relação aos pretês, que gostariam que ele sugerisse que fossem a tal lugar, que ele ligasse, que desse aliança ou qualquer coisa, mas qualquer coisa mesmo... e aí essas garotas ficam irritadas quando nada do que elas esperam que aconteça acaba efetivamente acontecendo.
Primeiramente, se falamos tanto, se nossa boca tem serventia pra muitas e muitas coisas, por que não falar aquilo que se deseja? Isso vale tanto pra agrados quanto pra sexo, e uma infinidade de elementos de uma relação.
Segundamente (heheheh), é muito cômodo esperar a ligação alheia, a declaração de amor, a puxada de cabelo, a tiração de roupa toda... e.. e tu? Por que não começa? Essa mulher moderna tem que começar a andar (com as próprias pernas), a ligar no dia anterior ou no dia seguinte, a fazer propostas (huuummmm!) e principalmente a explicitar o que anseia, teme, deseja, espera... sem esperar muito.

22 comentários:

Bem Resolvida disse...

adorei o post!!
nada melhor do que abrir a boca e falar tudo o quese pensa, que se espera, que se quer. Quanto mais ele souber mais ele vai fazer, se não fizer...muda pra outro!! rs
Pq ficar esperando que o cara adivinhe é foda...aí depois briga com o sujeito e ele nem entende o pq...
esse tema leva à outro, sobre culpar o outro pela nossa frustração, ficou frustrada pq quis, se tivesse sido mais explícita talvez as coisas fossem diferentes!!
adorei o post, moça!
beijos!!

vida cotidiana disse...

É isso ai, muitos relacionamentos não dão certo porque algumas mulheres não falam o que sentem ou o que gostariam de sentir, e esperam que o companheiro, descubra. Conviver é troca, troca de tudo inclusive de conversa.
bjs

Delirios de mulher disse...

Essa foi bem pra mim!!
Eu já me peguei um milhão de vezes querendo que as pessoas adivinhassem as coisas por mim,o que me incomodava, o que me agradaca,coisas assim.
No fundo acho que só queremos saber que somos notadas,mais a realidade é bem simples: "quem não chora não mama".

Bjs
Boa Semana

Abreu disse...

uau

Raquel El-Bachá disse...

Concordo com tudo que vc disse.
Temos que falar mesmo o que pensamos e o que queremos. Não adianta esperar e se aborrecer depois pq as coisas não aconteceram da forma que gostaríamos.
Também acho que não devemos esperar do outro. Criar expectativas e ter frustrações em razão disso é péssimo.
Beijos.

Bruna disse...

Ahh...
concordo muuito com você...


falta um pouco de inciativa feminina!!!

ele certamente não tem uma bola de cristal!!

:D
gtande beijo

Gabi disse...

falou tudo
eu sou assim tb e realmente tá passando da hora de fazer diferente.

Emblemática disse...

Yes!! falou tudo! a começar por mim eu poderia dar um depoimento mega deste caso da vida real!!! Lembro que certa vez, eu, que sou conhecida por ser uma pessoa mui tranquila e serena comecei a falar tudo o que eu queria e o que não queria pra uma certa pessoinha. Tudo o que eu disse tava a muito tempo entalado na minha garganta! Este espisódio foi horrível porque ficou um clima muito chato entre nós e eu fiquei muito ofendida quando ele disse que eu estava tendo um CHILIQUE... hehehehe, eu fiquei furiosa, mas ele tinha toda a razão!!!! Pelo menos me seviu de lição! Quando se tem algo para falar, é melhor falar no momento e não deixar aculumar!!!

Beijos

Natália disse...

Perfeito!!

Muito bacana o blog!

Bjos!!

Não censuradas disse...

adoreiii!! muito bem dito por vc!
e realmente qnd gnt fica engolindo as coisas.. a explosao de pois é bem piiior!

tem q falar o q qr mesmo, nao pode pasar vontade desnecessariamente!!!
qm sabe assim os homens consigam nos intender!

bjinhOs** Galadriel

3MentesPerigosas disse...

eu sempre fui bocuda ... me fudi varias vezes .. mas pelo menos disse oq queria. As pessoas só ficam sabendo quando a gente fala, né ... :D


bjos da julia

Lari Bernardi disse...

huahauhauhauhaa

ótemo texto.. ;]

Vou comprar 2 bolas de cristal, uma para mim e outra para o meu futuro respectivo, ai a gente nunca vai ter problemas de comunicação... ;p aahuahuaauhauha

;*

Julie... disse...

Este post caiu como uma luva pra mim por causa do que estou vivendo atualmente...
Dei um pé no meu rolo, excuí o número dele e agora fico boba esperando a ligação dele.
hsauhsuhaushuahuhaushuas
Já ouvi um monte de amigos por causa disso.
aiai

o casalqseama* disse...

é isso aê... não adianta só fazer caras e bocas... tem que colocar pra fora seja lá o que for! afinal, engolir emoções faz mal à saúde!!!


bj grande da fê =D

Camila disse...

Taí... vou seguir esse sábio conselho!

Husahushuasha

Beijos

Igor André disse...

Anna, anjo meu!!! :)
Nada como uma mulher para ressaltar fatores que quando dito por nós homens soam como "mais um pra coleção de coisas que denunciam a nossa falta de percepção para com a companheura".
Um de meus posts mais polêmicos - "Um peso a mais para o equilíbrio da balança" - tratou exatamente deste assunto e gerou protestos de algumas, e acho que foi muito mais por tr sido um homem que o escreveu.
Por isso é muito importante que venha das mulheres a idéia de que numa relação não se pode jogar no parceiro a responsabalidade de entender suas necessidades sem "pistas" além dos pulsos escondidos e sacudidas no pescoço.
Portanto, sendo assim desta manera, só me resta dizer Obrigado!!!

Ju Dacoregio disse...

Eu costumo falar o que sinto e o que espero, mas de vez em quando acabo querendo que "ele" advinhe as coisas... Às vezes eu acho que sinalizei, mas o sinal foi tão fraquinho que só mesmo um vidente perceberia!

*Raíssa disse...

Tem homem que não gosta que a mulher toma a iniciativa. Oras, se eles, lesmas, não tomam, o que fazemos nós? Esperar sentada é que não dá!

É verdade que muitas vezes esperamos uma coisa que não demonstramos que queremos. Mas que eles podiam ter um pouco mais de tato e sensibilidade, ah podiam!

Beijos

Marie Curie disse...

Ok, pode ser que não tenham bola de cristal. Mas agora me explica por que nós percebemos muito mais o que eles estão sentindo do que o contrário! Tá, pode ser diferença entre os sexos e tal, mas eu penso assim: se eu me preocupo tanto em perceber o que o bofe tá pensando, seria legal que ele também tivesse o mesmo trabalho! Tá, ok, adivinhar tudo é difícil, mas é legal a tentativa, pelo menos...

Bjus da Marie!

»»Luh«« disse...

Anna...
Isso aí, ATITUDE é TUDO!!!

beijocassss...

cassinha disse...

acho que a gente acaba empurrando pra baixo do tapete por que homem não curte muito "discutir a relação", enquanto as mulheres querem ficar discutindo o tempo todo, hahaha
eu pelo menos tenho medo de falar alguma coisa, mas aí quando dá o tal chilique, o estrago é bem maior né... =/

Andreas Ribeiro disse...

ótimo texto anninha...

e afff... esperar que a outra pessoa adivinhe o que vc quer é horrívellll... Isso ae, vamo verbalizar pessoas..

Marie, uma coisa é "joguinhos" pra saber o que as pessoas pensam e tals... outra é vc realmente achar que ela tem q saber o q vc quer e gerar espectativas em cima dessa "adivinhação"... Se não acaba-se confundindo sensibilidade com mediunidade...

Beijos
Andy