sexta-feira, 31 de outubro de 2008

A volta

Caros leitores e leitoras , depois de algum tempo sem postar , estou eu aqui na madrugada do Hallowen fazendo minha resurgida!
-Bom, gostaria de deixar um breve esclarecimento aqui , eu estava 'um pouco' ausente do blog por alguns motivos pessoais , e até sem tempo mesmo! Eu estou indo viajar para fora do Brasil agora no final de Dezembro e começo de Janeiro e estou correndo atrás de várias coisas á respeito disso!
Peço mil perdoes! mais sei que vocês tiveram posts muito bons ![ eu não postava mais estava sempre aqui lendo]!

Feito todos os esclarecimentos vamos começar o post né Marilyn?! hahaha
YES!

-A pergunta da noite é a seguinte: Quantas coisas passam na nossa mente?

Eu respondo , MUITAS, tantas que ás vezes nós mesmo não conseguimos controlar tanta coisa! Meu post de hoje pode ser um tanto quanto misturado, e até mesmo dificil de entender! Mas eu gostaria de expor isso a vocês! Mesmo que algumas pessoas simplismente não leiam, ou não entendam!Gostaria muito de deixar registrado aqui e de que vocês participassem de algo tão importante para mim! Embora todos aqui do Divã usem identidades falsas, nós temos uma vida real, e vira e mexe estamos expondô-as como exemplo aqui, e algumas vezes acaba ajudando MUITA gente!

Eu vou contar um poquinho da minha vida agora, Eu Marilyn tenho 19 anos, nasci e creci em São Paulo-capital, desde criança tenho um sonho de viajar o mundo, conhecer vários países, várias pessoas, várias culturas! Não vou dizer que tive uma infância dificil , mais nem sempre tive tudo o que queria, e aprendi desde cedo que tenho que batalhar por aquilo que acho importante pra mim! Eu sou daquelas pessoas bem hiperativas, que gosta de desafios e, por isso, é realmente muito difícil prender minha atenção em uma só coisa por muito tempo! Eu tenho sempre que estar me 'renovando' , sempre buscando algo novo, não gosto de rotinas, e quase fico doente se sinto tédio.
Uma coisa, que é um traço bem marcante em mim também , é o fato de eu simplismente AMAR minha liberdade, e prezar por ela a TODO custo! Ás vezes as pessoas me taxam como rebelde, anarquista, ou algo do genêro, por eu estar sempre em RESPEITO com a minha liberdade!
Não tenho limite para fazer o que quero, dizer o que penso! Acho que todos deveriam seguir essa linha! Sempre serem sinceros consigo mesmos! E não fazer um 'social' para não se criar caso... depois as pessoas reclamam de tanta falsidade!
Tenho uma vida relativamente normal, e acho que isso que vem me incomodando faz algum tempo, estou em busca de algo que não sei o que é , e nem onde encontrar, só sei que esse não é o caminho! Decidi de uma hora para outra largar a faculdade, amigos e familia para correr atrás 'disso'! Comecei a planejar tudo, correr atrás de tudo o que precisava, com aquela empolgação que nem eu mesma sei da onde vinha. Só que agora, pouco menos de 1 mês antes de eu partir em busca do que me falta, ir de encontro com um sonho de infância, eu já não estou com toda aquela empolgação do começo! Eu já não sei se é realmente isso que eu quero! Ás vezes me bate uma certeza, mas às vezes a incerteza é muito mais forte; eu paro para pensar, eu sempre tive de tudo aqui, muito conforto, vários amigos, cada vez mais coisas a fazer, a conhecer, e fico pensando em eu num lugar desconhecido, onde eu vou ter que começar tudo do zero, e caso dê algo de errado , eu não vou poder ligar pra minha mãe me socorrer, ou ir me buscar porque eu perdi a carona de amigos, não vou ter meu pai para me emprestar dinheiro e nem os meus amigos para me fazerem rir quando eu estiver triste; eu vou estar a quilômetros de distância de todos , e muitas amizades vão se enfraquecer, eu vou perder boa parte da vida das pessoas que eu amo, elas vão perder todas as minhas experiências, eu não vou poder compartilhar meu dia-a-dia com minhas melhores amigas , e cada vez menos vou falar com elas porque elas não estarão vivendo aqueles momentos comigo e não saberão lidar com tais situações, encontrarão novas 'melhores amigas' , e eu ficarei na saudade.

É como um amigo meu me disse ' viajar para longe é igual pular de Bug jump , se você pensar muito, você nao pula!'


E agora eu estou percebendo o verdadeiro significado da frase:
'Não importa o que você tem , mas SIM QUEM VOCÊ TEM'

Um beijo a todos!
E eu vou escrever os proximos episodios de minha 'novela particular'
hahaha

2 comentários:

Claudinha disse...

Olha, acredito que todo munda passa por essas fases de buscar algo novo, excitante, diferente. Faz parte das nossas revoluções, transformações. Entendo como algo necessário, pra que você tenha todo tipo de referencial possível pra saber o que vc quer e o que vc não quer na sua vida. É preferível arrepender-se do que fez, ao invés de se arrepende do que não fez, fazendo uso de um cliche, mas que é a mais pura verdade.
Boa sorte na sua aventura, espero que possas descobrir coisas novas a respeito de vc mesma! Pois acredite, quando nos afastamos de tudo e todos que nos formaram até então, temos a oportunidade de encontrar uma novo eu, sem essas interferências, tenham sido elas boas ou ruins.
Boa viagem!!

Marie Curie disse...

Uaau, volta, Marylin! Sumiu até do MSN, hehehe! mas se reinventar é bom, e boa sorte nessa sua descoberta! Eu tb ando sumida, ams to voltando, to voltando... bjus!