quarta-feira, 23 de julho de 2008

O tamanho do documento

Inspirada por outra das minhas leituras (A Casa dos Budas Ditosos), lembro de uma passagem na qual se falava do tamanho do pênis. Nela, a personagem dizia que mulher não gosta de pau pequeno, e eu acho que isso é verdade. Perdão às conformadas, mas pau pequeno não agrada a ninguém, nem que seja um pequenino engraçadinho, não rola. Isso de que o importante é saber usar, apesar de ser um ditadinho batido, em partes é corretíssimo! Mas saber usar algo que seja visivelmente atraente: nem minúsculo, nem fino. A ereção estimula o imaginário, os desejos e a auto-estima da mulher... sentir-se desejada e ver o tamanho disso (haahahahaha, desculpem o trocadilho) dá um resultado daqueles! Porém, quando o efeito visual não é tão impactante assim, deixa a desejar, sim. E nós comentamos, trocamos informações... a opinião é quase unânime: ninguém quer pouco.
Devem haver fantasias inconscientes sobre isso; Freud dizia que a mulher tem inveja do pênis do homem, sente-se incompleta (isso é tuuudo inconsciente, viu!?) por não tê-lo e passa a buscar sua posse na relação com o sexo oposto, no casamento e até tendo filhos homens. Portanto, se é algo tão sonhado desde o complexo de Édipo, não esperamos que o tal do “falo” seja modesto.
As mocinhas iniciantes devem ser as menos exigentes, devido ao pouco conhecimento de causa mas, conforme o tempo for passando, o nível de exigência sobe porque há material comparativo. Não que as mulheres saiam por aí comparando o tempo todo, mas é incontrolável formar uma opinião entre “é pequeno” e “não é pequeno”. E se não é pequeno, é muito, muito bom!


Créditos à montagem do Penne: Srta.Dulce ;) Thanx

10 comentários:

Marilyn Monroe disse...

noossa eu praticamente chorei de rir agora!

realmente nao tem como nao comparar!é fato!

voce querendo ou nao acaba vindo aquilo á sua mente!

mais quem gosta de pequeno gente?
deveriam inventar algum tipo de silicone para o pipi! HAHAHAH
seria uma boa hein meninos?

e nos se eles soubessem usar beem , nao reclamariamos NENHUM pouco;D

Black Cat disse...

mas péra-lá!
muito comprido CUTUCA... e ninguém gosta de que cutuquem o almoço... rsrsrs

a área que dá "coisas" não fica no colo do útero... então muito grande tb não vale!

vamos pelo meio termo né? pra também não precisar amarrar uma fitinha no piu piu do moço dizendo "querido, só até aqui"... rsrsrs

1- 8=D
2- 8===D
3- 8=====D

Fico com a opção 2! rsrsrs

*Dulce Herrera* disse...

Adorei a ideia das duas!!
ahsuhushaushasuhaus
Tanto a ideia do silicone como a da fitinha!!

É fato, Anna...
pinto pequeno não dá
Alias dá sim... dá vontade de rir da cara do sujeito e falar: isso num vai fazer nem cocégas!
ahsahsuahsuahuahsaushaushausha

E num tem nada melhor pra acabar com a auto-estima do homem, do que falar q o piu-piu dele é pequeño :D

Tb fico com a opção 2
grande mas não muito
mas tem q ser grosso, peloamor

Andreas Ribeiro disse...

éééé... muito sensato Cat, opção do meio quase sempre é melhor!!

quanto ao tamanho, documento e etc, não posso emitir opinião =P

num próximo post colocarei uma opinião profissional do assunto!! hehehe


Beijossss

Excelente Post Anna

Pam Nóbrega disse...

adorei o post Anna... esse assunto foi tema de uma discussão entre uma roda de amigas... e elas foram unanimes nesse quesito... nem muito grande, nem muito pequeno... o pequeno não satisfaz inteiramente (se nao souber usar entao, nem se fala...) e o grande incomoda muito... mas o complicado é se apaixonar por um homem de pinto pequeno... será que mesmo com sexo ruim pode-se construir um relacionamento? nao sei se já escreveram sobre isso, mas rederia um bom post... beijos! :)

Anna Oh! disse...

Bom, grande demais tb não... aberração não rola (ou rola, sei lá) haahahahahha, mas a questão é nossa intolerência com os pequenos...
Pam, acho que quem se apaixona por um cara de pinto pequeno deve pesar muito bem as coisas.... o amor é maior? a guria vai aguentar o tranco da frustração? pq tem mulheres que levam isso de boa, que não se importam.... outras já enxergam como algo fundamental.

Bjinhus

Bem Resolvida disse...

Tô com a black Cat.
Meu ex marido era o n° 3. 23 cm de algo que me machucava profundamente. Toda vez que ia na minha médica ela dizia que o colo do meu útero estava machucado, sem contar que estocadas fortes me faziam ver estrelas.
Nada melhor do que o n° 2 do meu atual, qualquer posição é boa, da pra brincar atrás...rsrs
Mas acho que ainda mais importante do que o tamanho (grandalhões nao, pelo amor de Deus) é a grossura. Visualmente falando então, nossa!!!

Muito delícia ver aquela coisa grossa quase explodindo as veias por causa da gente!!!
Afff, já fiquei com saudades "dele".

bjs

Marie Curie disse...

Hahaha, pois é, meio termo RULEZ! Cólo do útero não é zona erógena, pelo amor de Deus! E grossura é tudo! E cara bem-resolvida, eu sei o q vc passou, tive o mesmo caso! Meu Deus! Via estrelinha vira e mexe! E ele se achava o máááximo quando eu falava, com certa frustração, q era mto grande. Será que o orgulho pra mostrar o pinto grande pros colegas é maior que efetivamente agradar a parceira?

Renata disse...

concordo plenamente, pequeno não dá. Este é um assunto que não dá para ter pena. Caridade neste assunto, não dá.

Tinha disse...

Não gosta e tenho dito.
Mas ouço duas filosofias de amigos meus que podem ser úteis na hora de julgamentos e valor para todos os gêneros:

"mais vale um galo manso ou um pinto buliçoso?"

ou a melhor:

"pinto é igual a carro, se você não sabe dirigir, escolha um pequeno".

Eu só digo que não pode ser fino.
:)