terça-feira, 8 de setembro de 2009

Maratona Deitando no Divã 10 - Never Been Kissed

Baseados nas maratonas televisivas nas quais você passa 4 horas assistindo o mesmo desenho ou seriado (para a felicidade de uns, infelicidade de outros, e pela falta de criatividade da emissora), nosso honrado blog resolveu lançar uma maratona do Deitando no Divã!Recebemos muitos casos nos últimos tempos e, para que mocinhas não arranquem os próprios cabelos, não roam unhas nem decapitem namorados, ex, peguetes e afins, está aberta a temporada de casos e mais casos! (Por Anna O. e Andreas Ribeiro)

PS. Maratona sendo postada com um pequeno atraso por conta do feriado da pátria e pelos problemas de configurações dos aparelhos de roteamento malditos simpáticos...


Caso 16: "Sejamos diretos!
O que fazer quando se tem 18 anos e nunca sequer deu um selinho! Considerem o fato de que a 'pessoa' em questão não é feia, comunicativa, estudante de jornalismo, popular... mas não desencalhar nem a custa de reza brava!
E o pior! Chegou um ponto em que os proprios caras nao chegam mais em mim ou nao querem nada alem de amizade...
To surtandoo! HELP!"

Acho que seria legal mais detalhes dessa situação, mas vou colocá-los aqui pra que você reflita: quanto você se mostra disponível? Quanto você encana e assume o rótulo de encalhada? Quanto vc está bem com vc mesma (auto-estima, imagem externa, etc)? Vc sai despretensiosamente por ai? Passeia, se diverte, independentemente de homens e relacionamentos? Quanto vc é criteriosa na escolha de um cara pra beijar? Essas estruturas são tão rígidas assim, a ponto de não permitirem mudança alguma? O quanto vc toma iniciativas (isso não dói, pode ser difícil no começo, mas vc aprende muito dando a cara a tapa)? O quanto vc saca quando alguém está flertando contigo? O quanto, após perceber, vc corresponde, insinua sutilmente? Acho que essas e outras tantas questões, vc precisa responder pra si com toda sinceridade que puder.
É... acho que tem muito da posição que você se coloca.... as vezes nós afastamos as pessoas sem percebermos.. E também tem a questão de como nos vemos, se nos vemos "encalhados" acabamos continuando assim, pois não agimos para mudar!!! Eu já me senti na mesma situação que você, e isso só mudou quando eu fiz por onde, mas sem sair correndo desesperado, apenas estando sempre pronto pra uma possibilidade....


Caso 17: "Olá Divã Rosa Choque!
Descobri o blog de vcs a poucos dias e simplesmente aameeeeiii!! e qndo eu vi a maratona "deitando no divã" ameei mais ainda pq era tdo o que eu precisava pra me ajudar.
Preciso demais de um conselho!! Espero q possam me ajudar...
Namoro a 3 anos, eu e meu namo nos damos mto bem, a partir desse ano ele foi morar em outra cidade para estudar e só nos vemos nos findis que ele vem.
De um mês pra cá um amigo dele grudou na gente igual "carrapato" e não desgruda mais! tdo findi q meu namo vem esse amigo vai pra volta dele e não desgruda mais...!!! ou seja nós 2 já não temos mais tempo pra ficarmos juntos e sozinhos pq esse cara não se toca!
E o pior de tudo é q meu namo não fala nada, ele até gosta da companhia desse amigo e não vê mal nenhum dele estar sempre na nossa volta!
AFF...isso já tá enchendo o saco!!!!! Já tentei conversar com meu namo sobre isso, falei q a gnt tem apenas 3 dias pra ficarmos juntos e não conseguimos ter privacidade pq esse amigo não sai da volta, mas meu namo fica irritado cmgo e diz que eu quero afastar ele dos amigos e tbm que eu sou mto implicante com as pessoas.
Minha intenção não é afastar ele dos amigos,apenas quero um tempo sozinha com ele pra matar a saudade sem esse cara na volta!!!
Acho que vcs me entendem né?! Por favor se puderem me dar uma ajuda sobre o q fazer pra esse amigo se tocar e dxar eu sozinha com meu namo pelo menos em um dia do fim de semana eu vou ficar mto contente e agradecida!
Obrigada desde já...Conto com o conselho de vcs!
Beeijo ;) "

Tava lendo seu caso e pensando "po, ou esse namorado pretende virar celibatário, ou a relação deu uma esfriada feeeeeeeeeeeeia!", pq não tem nem como dar uns pegas, nem como conversar, compartilhar as coisas por inteiro com um carrapato pendurado no saco do seu amado! O.K., o 1o ponto é vc analisar a quantas anda a relação d vcs.
O segundo passo é: se o banana do seu namorado não resolve, vc, mulher moderna-independente-poderosa, vai e resolve! Fala com o amigo! Se seu namorado não tem culhão pra resolver um problema que ele mesmo criou, vc vai e conta pro amigo dele (educadamente) q essa situação mingua toda a intimidade de vcs e atrapalha o namoro.... pra ele dar pelo menos uma folguinha!
Como seu namorado não enxerga o fato como um problema, podem aparecer eventuais auês, siricuticos e chiliques masculinos, alegando q vc é uma louca-possessiva e aquele blá blá blá de homem acuado quando quer tirar o dele da reta.
Muita paciência e diálogo, guria!
A chave é essa mesma, ser franca, se com o seu banana namorado não funcionou... Fale com o Amigo, explique que não é nada com ele mas que vocês precisam de um tempo pra vocês e que essa situação sempre a mesma está atrapalhando e tals....
Se nem assim funcionar, sobram algumas opções: Fazer um acordo, tipo X vezes tem amigo, Y sem amigo.. sei lá ahahahaha ou então você aceitar a situação, ou você dar um ultimato no amigo "ou você resolve ou to fora" e por ultimo pular fora mesmo....

PS. Pra quem quiser participar dessa coluna e contribuir para o Divã, e nós do Divã tentarmos ajudar você também, envie seu caso/história/dúvida/angústia para nós no e-mail divarosachoque@gmail.com e nós analisaremos e postaremos assim que possível!! sempre sem identificação e sem expor alguém, mais detalhes veja mais sobre nossa coluna DEITANDO NO DIVÃ.

11 comentários:

Drunken Alina disse...

Teve uma época que meu namô ficou com essa palhaçada de seeempre estar com os amigos junto todo fds,e a gente tb só se vê de fds...ahhh,rodei o barraco,conversar não adiantou!!!
E deu certo viu? Ele entendeu DIREITINHO que temos de ter ao menos um dia do fds só pra nós dois.

Homens!!!

Barbie Girl disse...

Passando rapidinho para desejar uma semana iluminada!!

bjks

Desabafando disse...

adorei os conselhos! Nessa história do amigo carrapato tem algo errado né? Pro cara não se tocar e preferir que o amigo fique sempre ao redor!

Olhos e pensamentos disse...

Tambem adorei os conselhos, amigo carrapato...tô fora, fura olho..eca

CarOl disse...

Adorei os conselhos!!!
aliás, tbm já me senti na mesma situação da primeira lá. Quanto vc é mt criteriosa se senti assim!!!
bjuus
pessoas

Olhos e pensamentos disse...

Blog atualizado...bjs

Carla Blessed disse...

Simplesmente amo ver os conselhos que vocês dão... sempre tem algo que serve pra mim! O divã rosa choque é simplesmente o melhor!!!


Bye...

Kesy disse...

Conselhos ótimos!!

Acho que o problema no primeiro caso é que as mulheres, principalmente quando vão fazer algo pela primeira vez, tendem a idealizar muito... aí querem o homem perfeito, que vai ficar pra sempre, não querem se arriscar e por aí vai... a questão é realmente a moça sair despretensiosamente, sem achar que vai conhecer o príncipe da vida naquela noite, e dar a chance para algum "mero mortal" que aparecer... Eu tenho certeza que existe alguém interessado nela, talvez ela só não enxergue isso ainda...

E o caso do amigo... complicado mesmo... e vcs tem razão, geralmente para casos complicados do gênero, a melhor saída é a franqueza...

Beijos

Rissellie disse...

Oi adorei seu blogt :D
Gostaria de saber se você gostaria de colocar um selo do meu blog no seu blog para divulgar o meu blog?
PS:me siga.

MR disse...

Nossa, quanto problema!

Quem dera, esses fossem as principais preocupações da humanidade.

Mas, como diz o ditado, Ema ema ema, cada um cos seu pobrêma...

Joicély Janaina disse...

Em relação ao segundo caso, tenho outra opção pra "moçoila". Nos fins de semana que ele for vir, marque programas "só" pra dois. Motel, jantar romântico, "baile dos só-entra-acompanhado-com-a- namorada-e-não-com-amigo", cultos ao número dois. Enfim, qualquer coisa que só seja possível pra um casal. Com criatividade funciona horrores e você nem tem que fazer uma DR com o amigo.