segunda-feira, 27 de julho de 2009

Mas eu me mordo de ciuúúmeeeee!

A distinção feita entre defeitos e qualidades é nítida: defeitos são comportamentos e emoções negativas, ruins, que assustam, torturam, incomodam. Já as qualidades correspondem a emoções com uma essência fofa, linda, com unicórnios saltitantes e corações vermelho-escarlate transpassados por um arco-íris. O.k., passada toda essa baboseira, defendo a tese de que muitas das coisas atribuídas como “defeitos” são essenciais pra nossa sobrevivência, e até consequência das coisas que vivemos. Uma delas é o ciúme.
Ter ciúme não é defeito. Não, a princípio. Quando você gosta de alguém, é inevitável a desaprovação frente as saídas noturnas, scraps galináceos e o tempo que seu amado passa zanzando por aí. Antigamente, mocinhas tinham mais ciúmes dos namorados passeadores, beberrões e bad boys, então os moços tímidos e caseiros tornaram-se os “bons partidos”, preferência e porto-seguro dos relacionamentos; com eles, não daria erro. Atualmente, a internet tem provocado grandes alvoroços sentimentais, sobretudo o Orkut e MSN, sementes da discórdia da era digital. Mas não é só isso. Basta estar na rua para olhar e ser olhado, basta existir para que alguém te note.
Não nego que muitos moços dão motivos, dão asa, puxam conversa com as mocréias lambisgóias que, em troca, inflam seu ego. Não nego também que muitos se metam em saias-justas por burrice ou cafajestagem. O fato é que esse post não é sobre eles, mas sobre nós.
Nessas horas, podemos ir da fúria, ira, raiva, choradeira, até o olhar fuzilante que só uma mulher puta da vida é capaz de lançar. As reações vem e o ciúme é percebido, demonstrado, ele existe e dá as caras escandalosamente.
Ficar com o rótulo de “ciumenta” pode acarretar numa certa “culpa”, como se esse sentimento fosse ruim, prejudicial, proibido de ser sentido. Aí muitas de nós tentamos disfarçar, fazendo aquela cara de samambaia...
Peraí, se você sentiu, sentiu e ponto. Quem gosta, sente essas coisas! Quem gosta, tem medo de perder. Mas, principalmente, se você gosta, você sabe que o medo de perder é SEU, não algo que deva ser despejado diariamente na orelha do outro, acompanhado de mil exigências. Admitir o ciúme para si mesma é até saudável; em certa medida, ele é consequência de uma relação, não uma neurose nociva como é pintado por aí. Ele é seu, e você quem deve saber a proporção que ele pode tomar.

24 comentários:

Marcélia Macidália disse...

Ana Oh...
Primeiro agradecer por sua atenção em meu espaço. E quanto a você ser o Bozo...rsrsrss...O assunto tá sério mesmo e é por isso que nosso ministro deveria tomar precauções ao invés de um alerta nada convincente, por isso um pouco de sátira para que as coisas sejam vistas por um lado menos dramático. Quanto ao post do dia, ser ciumenta é uma droga né?A verdade não é o fato de ter ciúmes e sim deixar que o ciúme nos diminua, isso sim é mal. Boa semana a todas...Beijos

Ka disse...

ai... concordo com vc...

mas como eh dificil controlar pra nao despejar no namorado.. nao q seja culpa dele vc ser ciumenta, mas eh como se fosse necessaria q ele saiba q tal atitude causa ciumes em vc..

sei la.. eh dificil.. tem q saber segurar bem a onda..

Sarah disse...

Anna!
quero te agradecer d novo por aquela força! vc é uma querida!
e quanto a ser ciumenta, bom, concordo com vc, sentir medo d perder é natural e normal, ainda mais qdo dao motivos! o segredo é saber ponderar e respeitar, e principalmente, saber o seu potencial.

Olhos e pensamentos disse...

Anna, confesso q tenho ciumes sim..mas um ciumes normal, saudavel...mas meu marido, desconfiado o tempo todo, insinuando o tempo todo, ciumes de tudo e todos e olha q estamos casados a 10 anos...queria tanto q ele mudasse!!!

Olhos e pensamentos disse...

Anna, confesso q tenho ciumes sim..mas um ciumes normal, saudavel...mas meu marido, desconfiado o tempo todo, insinuando o tempo todo, ciumes de tudo e todos e olha q estamos casados a 10 anos...queria tanto q ele mudasse!!!

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Eu não tenho ciúme algum! Às vezes até me acho pouco romântica, mas não consigo sentir dor alguma quando alguma linda mulher cumprimenta meu namorado. Menos ainda quando ele olha para outra.

Não sei, pode até ser um defeito, rs.

Beijos

Drunken Alina disse...

Ahhh, eu demonstro o ciúme NA HORA, já fiz até barraco, e com razão!!!
É bom mostrar seus limites para que vc seja RESPEITADA pelo "macho" do momento.
Nunca tive medo de bancar a barraqueira.
E quer saber? Qto mais vc dá piti, mais os caras gostam de vc, por incrível que pareça!
Se vc é uma songa-monga, eles perdem o respeito totalmente!

Mas é lógico q os pitis tem que ser dados quando vc tem CERTEZA q algo está MUITO errado!!

Beijosssss!!!!!!!!!!!!!!

Desabafando disse...

acho que nao é legal fazer barraco! Acho que um ciúmes moderado é interessante!

Fraan ;) disse...

Ha, concordei total! Sabe aquelas coisas que a gente pensa e não tem palavras para falar- é isso! ;D

Juliana disse...

, tipoo hoje em dia é assim mesmo orkut e msn então destroem muita das vezes um relacionamentto "oqe o amor constroi o orkut destroi" akeles depoimentos oferecidos meu deus isso me dá uma raivaa;@ uma vez meu namorado me deu a senha do msn dele oqe veio de meninas falando oi amor! afeeé quase tivee um colapso td bem non posso proibir ninguem de xmar ele de amor mais poxa se ele ta namorando, uma pessoa qe tem um bom carater non fica xamando o namorado dos outros de amor! ainda mais qe isso da ideia de qe a pessoa qer alguma coisa a mais com a outra! eu sou ciumenta ao extremo! passo mau só de ver alguma olhando pra ele! to aprendendo a controlar o meu ciume com pensamentos positivos, mais se alguma vagaba vim me tirar do serio non a pensamento no mundo qe me faça non arranjar um barraco!

Lara Costa disse...

Assim como tudo nessa vida, o ciume deve ser medido para não estragar...mas tb acho ele essencial!!

A-ME-I o blog...


beijinhos

Dama de Cinzas disse...

Olha eu sou das pessoas menos ciumentas que existe, por isso abri tanto a guarda que perdi muitos namorados e até marido, porque não fiquei atenta o suficiente...

Dizem que eles teriam ido embora de qualquer forma, mas sempre acho que se eu tivesse cuidado, não teria dado chance pro azar... rs

Obrigada pela visita! Adorei o blog e vou colocar na minha listinha... Beijocas

Moni disse...

eu já adiquiri esse rotulo notavelmente! bjks

Super Lana disse...

Muito bom seu blog
descobri no orkut
sempre que puder venho aqui
se quiser da uma passada no meuW

Bjusssss

Drêycka disse...

Admitir q vc eh ciumenta é uma faca de dois "legumes". Pq depois disso, o que vc fizer ele vai justificar pelo seu ciume. Antes de qlqr coisa, suas ações e reações serão avaliadas pelo pressuposto de q vc eh ciumenta. Isso enche o saco, ne naum??

Amigos e amigas do Divã! To meio sumida, mas devagarzinho estou voltando para a blogosfera!

Amo todos vcs!!!!

.duas doses de desdém disse...

Eu sou um pouco ciumenta, mas é aquele ciuminho bobo..não gratuíto, mas saudável...

Hehehehe vc vaiu num post meio estranho hj né Ana heheh fiquei chocada mesmo.

bjbj

Eu e a solidão disse...

Ah eu também sou sim ciumenta... claro que não saio fazendo barraco por ai, é controlável, e até saudável para a relação.

beijos, saudade daqui...

Marie Curie disse...

Eu sou ciumenta. Sou mais ciumenta com o passado que com o presente, acredita? Acho que é por que o passado eu não consigo mudar... na verdade eu acho bem legal que o meu namorado é bem mais ciumento que eu! Nunca tive namorado ciumento, mó legal! E eu acho que aquela pontinha de ciúmes é bom, deixa o outro feliz em ser cuidado... mas vc bem que disse: o ciúme é seu, nada de aterrorizar o moço! Por que ó, se você já tá quebrando o pau com ele por suspeitar q ele esteja com a vizinha dançarina de pole dancing, o que ele perde se pegar a moça? Ele já tá ouvindo bronca! Já está perdendo o jogo na tv! Ciúme demais incentiva o que a gente menos quer, hein?
Bjus!

Magia Adolescente disse...

Oi, sou campeão de não conseguir esconder ciúme, mas tb não acho nd de errado ter ciúme. Sintiu, sintiu.
Bjs!

Catherine disse...

eu sou muito ciumenta, tanto que chego a criar coisas que não existem e/ou não tem como existir...
ciumes é minha praga.
tenho muuuito.
mas aprendi a não alimenta-lo, se toda vez que eu sentir ciumes eu for brigar com meu namorado eu vou , alem de estar enxendo o ego dele, alimentar esse sentimento ruim e possessivo.
sou paranoica mesmo.
não consigo confiar não :)

Grazy Pacheco disse...

Olá!!
Adorei o texto!!!
REalmente é isso aí!!!
Ah... tbm gostei muito da sua visita no meu blog!
vou acompanhar seu blog. gostei muito!
bjos e até mais!

Carolina Souza Lima disse...

Ola!

Claro,pode me linkar, sim!

VOu te seguir aqui.

Bjs
Carol
www.noivasneuroticas.com.br

Luh Andrade disse...

cara, eu tinha mt ciume, mas no meu ultimo relacionamento, eu aprendi a controlá-lo. Sim, os homens dão motiivos!

ameii o blog!

Morango sem chantilly disse...

Se sinto ciúmes, termino. Ou um jeito do cara terminar. Não sei lidar muito bem com este sentimento.