quarta-feira, 6 de maio de 2009

E se de dia a gente brigaaaaa...

a noite a gente se ama. E é sempre assim.
Não existe melhor maneira de dissipar a raiva do bofe. Não, não tem. Eu sei que a gente adoooora falar na orelha deles, que rola um prazer sádico em algumas de nós com o terrorismo telefônico, com aquelas ameçadas de "você vai me perder, seu idiota!", mas tudo isso passa fácil quando ocorre o "pega" pós-briga.
Não é culpa do cara, e nem é ele quem faz você esquecer a discussão; tampouco é culpa sua, e você não é uma manipuladora. No caso, são os dois sinverguenzas, é a configuração do casal que acarreta numa fusão bombástica; fusão esta que não conta com tabefes, raivinhas e bicos, mas com a substituição repentina de tudo isso por um abraço apertado, beijões de tirar o fôlego e, eventualmente, sexo selvagem.
Uuuuuu, o tema ficou interessante agora, né? Huahauahauaaha
Bom, no fim das contas, você termina o dia com aquela cara de ué, lembrando vagamente do motivo da encrenca, não atribuindo mais a ela a importância descomunal que antes era dada.
A agressividade é canalizada, passa desapercebida pelo filtro da razão e se joga no corpo todo. Nesse momento de agarramento com a pessoa amada (outrora odiada, é tudo tão próximo!), somem as expectativas frustradas, as mancadas imperdoáveis, o orgulho, qualquer resquício racional de "manter a opinião", "não dar o braço a torcer" e blá blá blá-teimoso.
Claro que conversas são importantes, que cada uma delas vai delinear o futuro do relacionamento, que tudo isso importa, e que qualquer chilique tem lá seu fundamento. Claro que toda essa encrenca gera um medo de perder o outro, faz a distância corporal ser estreitada e, pronto!, convite feito.
Se acontece isso, há razão pra bater na mesma tecla, insistir no tema da briga? Acho que não.
Uma coisa é pedir desculpas por pedir, pra manter as aparências e o bom convívio; outra coisa é o impulso correndo solto, é estar ali, apesar de tudo.

14 comentários:

Mabia Barros disse...

Bom, eu n acho que TODO chilique tem lá sua razão de ser, mas concordo que uns 95% tem... :)

E, quanto ao tema, bom... conheço casal que, até hj, depois de anos de casados, brigam só pra apimetar o sexo...

Assim como, tem um casal (sou amiga de um dos mocinhos - um casal homo, explicando melhor), que a relação só existe por conta das brigas - que dão motivo para o sexo selvagem de reconciliação... Sempre digo a esse que era mais válido assumir que eles só se entendem na cama e pronto...

Acho que gosto da idéia do sexo de reconciliação, mas já vi tanto virar rotina q... meio que perde a graça...

Mary_Flor disse...

Acho que as brigas vem com o intuito de "balançar as estruturas no sexo" depois...
É sempre assim.
Pois, quando é algo sério a solução é brigar meeesmo e separaR.
Mas quem ama, nunca separa...

Adorei o post!

Beijo=)

Paulinhaaa disse...

Essas brigas são tão chatinhas enquanto duram, mas a volta é tãããããão boa que dá vontade de brigar de novo rsrsrsrs

bjksss

*K-rol* disse...

Ai Ana...

pra falar a verdade, qnd terminei com meu ex-namorado, brigamos feio...
Arranquei a aliança revoltada, discutimos horrores, gritos e choros...
E hoje? Nem lembro o porque brigamos e terminamos!
estranho?!!?

Mas acho que tudo passa, e com um pouco de paciencia e uma boa conversa as coisas podem se resolver!

beijo grande!!
e obrigadah pelo espacinho no divã!

Casal do Arrocha disse...

Pois como já foi citado,
ô volta boa viu?
Mas não vale a pena brigar não, paz e amor sempre!
Bjs.

Maica disse...

Concordo ,plenamente, com o post..sei lá parece que a raiva acaba pontencializando o sexo, parece que a gente acaba dissipando tudo no rala e rola selvagem, uiiiii.Aí fico pensando como tem mulher que consegue fazer greve de sexo,Deus me livre! kkkkkkkkkk bjo! Maica ;)

Sarah disse...

aii Anna! como vc bem acompanhou meu namoro foi conturbado no começo desse ano, voltei pro meu ex d 3 anos e as coisas foram dificeis até se acertarem. A gente nao é de brigar, raras nossas brigas, até pq ele é bem calmo e eu sim a estressada rs. Mas essas transas pós-conflito, nossa, sao incriveis, nao? É igual transa d saudade, aquela q vc fica umas 2/3 semanas viajando e qdo volta... hahaha!
Beijao querida!

Luh disse...

Bom... é ótimo mesmo essa 'reconciliação' depois das brigas. Mas acho que só não podemos deixar as brigas virarem rotina no relacionamento pois é cansativo, desgasta. E no fim acaba com o namoro. O diálogo é sempre a melhor solução!

beijos

Glayce Santos disse...

É maravilhoso fazer as pazes, não?
Vc disse tudo neste post!
E, sim, desculpas por desculpas destroi qlq relação.
beijos

¤*Daiazinha*¤ disse...

Ih, ás vezes rola briguinha só pra ter reconciliação! É tão bom... tão feroz! Hauahauahua!

Bjo

Ysa disse...

'Concoordo que as brigas sãão só para fazer as pazes da melhor maneira possíveel !!!

Ágatha a Gata disse...

Olha, tive um namorado que só terminava comigo via msn, um saco, nunca tive uma experiência dessas com ele, e ficava chupando o dedo do outro lado da linha. E o cara era bom de cama, eu sempre ficava imaginando a gente se pegando depois de uma briga dessas sabe? Bom, de tanto ele terminar comigo virtualmente, cansei né, tô voltando pros meus PAs que não usam msn pra tentar fazer uma DR: vão logo ao ponto que interessa.
Bjus!

Minha vida em capítulos disse...

Oiee

Mtoo bom seu blog..

Parabéns!

Estou seguindo aki...

Bjão ^^

Nós Três disse...

bahh minha namorada faz isso eu tenhovontade de esganar ela as vzs, ela me chama de tonto, idiota e até duvida de mim, e depois diz q não era verdade, e mais uma vez o sexo supera tudo...o carne fraca...hueheuheue muito bom o post