quarta-feira, 11 de março de 2009

Dia Internacional da Mulher

Como vocês, leitoras queridas e engajadas sabem, no último domingo dia 8 de Março foi o dia internacional da mulher.

A data escolhida para celebração feminina foi por causa de um movimento que aconteceu nos meados do Sec. XIX em Nova Iorque, quando algumas mulheres que trabalhavam numa indústria têxtil tomaram a frente de protestos contra a exploração do trabalho humano, comum naquela época de desenvolvimento industrial, e acabaram contidas com violência e houve um incêndio que culminou na morte de 129 tecelãs.
Em 1910 foi feita uma primeira convenção do movimento feminino e foi instituído que a data seria oficialmente o dia internacional da mulher. Essa data ficou por tempos esquecidos até ter a bandeira hasteada novamente na década de 60.


Agora porque eu estou escrevendo isso aqui? Pra falar um pouco da minha idéia sobre esta data.
Primeiro, ela passou e eu sequer me lembrei dela, só fui alertado no final do dia que aquele era o dia Internacional da Mulher. Não vi muitas coisas falando do tema, não vi marketings tocando no assunto e apenas algumas reportagens sobre mulheres que na hora nem havia me tocado que eram por causa do dia.
O nosso divã, não tocou no assunto, sendo um blog feminino, voltado mais a esse público, sequer fizemos um post antes da data falando algo ou um post específico para data, parabenizamos nossas leitoras nem nada assim (Exceto, claro, a menção feita por nossa queridíssima Marie na gostosa Interpretação Cretina abaixo).

Porque tão poucas alusões à data?
E eu lhes digo: A data está caindo em desuso, sim sim estou dizendo que este dia se tornará logo uma data Obsoleta.

Antes de me crucificarem ou de me acharem um machista louco e contra as mulheres, eu vos explico.

Porque existe uma data dessas para as mulheres e não para os homens?
Claro que é por causa do descaso com que as mulheres eram tratadas nesses tempos modernos. Com trabalhos menos valorizados, com menores salários, sem direitos civis, sendo massacradas pela opinião pública, sem direitos de livre expressão sem serem repreendidas e uma porção de coisa que as tornou um grupo desfavorecido e precisando de representações fortes, de movimentos e de defesas de classes.

Porém, essa visão da mulher tem mudado e MUITO! Apesar de muitas ainda se porem em posição de desfavorecidas, hoje as mulheres ocupam quase tanto espaço quanto o homem, se não mais. Suas opiniões e influências são tão vistas quanto à masculina, o mercado de trabalho tem aberto todos os tipos de cargos a elas e sua inserção tem sido muito grande. Portanto, a necessidade de um dia de afirmação da mulher, para pensarmos e refletirmos sobre como elas foram tratadas tem se tornado cada dia menos necessário, pois a força feminina se tornou uma realidade palpável a todos!

Então mulheres, não as parabenizo pelo seu Dia Internacional, mas sim pela dignidade adquirida através de dedicação, empenho, competência e muita insistência e vontade!

Beijos,
Andreas Ribeiro

16 comentários:

Emiliano M disse...

Interessante... Quem sabe a gente consiga chegar no dia em que a diferença entre homens e mulheres será celebrada de forma igualitaria e fraternal. E a gente venha a se lembrar com tristeza e alívio dos "velhos tempos" onde mulheres eram submissas e tratadas como inferiores.

Enquanto isso, cá eu ainda acho que a exploração de trabalho humano continua e continua tendo que ser combatida, bem como preconceitos.

Por enquanto, não me sinto mal em parabeniza-las:
Parabéns às mulheres ;-)

Paz de Cristo

Igor André disse...

Sábias Palavras Andreas...
Sabemos que falta alguns poucos quilômetros nas milhas já percorridas através dos tempos para alcançarmos o ponto de equilíbrio que se busca.
No mais, assino embaixo e concordo em absoluto com o que foi dito em sem texto!!

Abraço a todos

Igor André
(ordemincaos.blogspot.com)

Fernanda Caetano disse...

foi a primeiro texto que li sobre o assunto..muito bom lembrar.
o que seria do mundo sem as mulheres?
hehehehe

Brunas F. disse...

Eu acho que não deveria haver um dia pras mulheres pq todos somos iguais...mas depois de tanta repressão somos quase mártires que merecemos um dia internacional rsrs

gostei do texto


Bjo

bebelsa disse...

Muito bom o post!!
Eu nossa familia é testemunha que esta data está caindo em desuso, somos três mulheres em casa, o único homem é o meu pai...só lembramos do dia internacional da mulher por que meu pai viu no jornal e se lembrou de dar os Parabéns, na família do meu namorado foi a mesma coisa, a maioria mulheres e ninguem lembrava...e sobre a divulgação da mídia...não lembro nem de alguma propaganda da Marisa, que está sempre presente nessas datas...rsrsrsrsrs...Os tempos estão mudando...e tão rápido as vezes nem percebemos!



Obs: Não sei como vc consegue aguentar os computadores!!!rsrsrsrsrs
bjus

Giuline Vitória disse...

Selinho de Qualidade

MELISSA S disse...

Andreas, eu discordo de vc. Acho que ainda faz mto sentido comemorar o Dia Internacional da mulher pq ele é uma homenagem à luta de uma geração de mulheres que fez muito para q nós hj fôssemos menos discriminadas. Ainda assim, eu acho q apesar das coisas terem melhorado - e isso é fato - existe ainda um preconceito velado e q se a gente não chama a atenção pra ele, continua ignorado. As mulheres conseguiram sim mais posições no mercado de trabalho, mas elas ainda ganham menos do q os homens. Se vc fizer um cálculo de qtos homens e mulheres são presidentes de empresa, verá quão desigual é essa porcentagem. Se olhar pra política, perceberá a mesma coisa. Acho que se sustentarmos a idéia de q não é preciso valorizar esse dia pq está tudo indo muito bem, incorreremos em erro. O preconceito velado existe. E muitas vezes ele pode ser pior q o escancarado pq ninguém o admite e fica mais difícil dar um passo adiante. Bjs

Mary West disse...

Concordo plenamente. Ach oque jah somos tão iguais que o dia das mulheres é quase uma forma de machismo.

Mariana Valente disse...

eu nao comemoro esse dia... nao vejo porque ter um dia especial se sempre lutamos para sermos iguais e ter um dia comemorativo parece uma forma de segregação...

Beijos Andy
=D

Ice Ice Baby disse...

isso aí chuchu, dia internacional é muito brega....a gente é phoda todo santo dia!!!

bjs

Docinho disse...

oieeeee
obrigada pelo carinho
foi por isso que resolvi fazer um blog mas com poucas pessoas lendo...
se vc tiver interesse em continuar lendo sobre a Docinho
mande teu e-mail para
docinh848@gmail.com


Bjinhos docinhos

Mulher Objeto disse...

Gata,

Tô amando seu blog e lendo tudo que tem aqui! Parabéns pelos textos e pelos pensamentos, tô muito admirada!!

Estou começando um blog, também sobre inquietações femininas, mas com um outro perfil. Gostaria muito que vc fizesse uma visitinha quando der, por que queria muito conhecer pessoas na mesma viba, nessa minha nova face blogueira.

Estarei sempre aqui trocando figurinhas.

Beijos sinceros!

Zingara disse...

É um dia que divide opiniões e entendo a sua posição, de justificativas plausíveis. No entanto, há ainda POR AVANÇAR. Os homens ainda são os mais bem remunerados e ocupam grandes cargos de direção. A data talvez não tenha NENHUM significado para mulheres que nasceram de 80 em diante. Mas para nossas avós DEVE ser outra história.

Após o ocorrido em Nova York, a data não foi comemorada aos longos dos anos, na verdade ELA VOLTOU a ser comemorada pela ONU e grupos FEMINISTAS há pouco tempo.

As ideias sobre se devemos exaltar esta data são grandes! E, sinceramente, não tenho uma posição FIRME.

Beijos,
Zin

Anna Oh! disse...

Entendo seu ponto de vista, Andreas, e considero super válido. Acontece q discordo um cadinho. Primeiro pq vc sabe, eu vou à marcha do dia internacional da mulher, brigo, resmungo, grito e vejo propósito nisso, vejo razões pra continuarmos a lutar. Tb não fico me doendo se ganho os parabéns pelo 8 de março ou não, isso tanto faz. A nossa luta é todo dia.
Smaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaack!

Coração Alado disse...

Obrigada!!!!
Concordo com vc...
na verdade, essa data que já foi usada pra fazer manifestações e reivindicar um espaço social mais digno pra mulher, hoje está quase por se tornar mais uma (de tantas outras do nosso calendário) data comercial.
As lojas já fazem a "semana da mulher" com promoções de lingerie, etc...
Nem acho ruim de ter essas coisas. Bom que a gente aproveita pra renovar o armário...
e o que me conforta é que realmente não precisamos mais do caráter original da data, já que estamos cada vez mais conquistando nosso espaço de direito na sociedade.
Um bejo!!

Luciana Klopper disse...

Tem selinho pra vc no meu bog