terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Playstation, o inimigo número 1 das mulheres

O post-deboche da vez visa mostrar o quão intensos são os malefícios para nossa sanidade mental de um dos maiores divertimentos do gênero masculino: o Playstation.
Não que ele seja o único motivo para termos vontade de esganar os bofes (se fosse só isso, seríamos felizes), mas o tal aparelhinho, com o passar do tempo, vai ganhando espaço, atenção, investimento e a convivência torna-se insuportável! Ás vezes fica até difícil apelar pra um “ou ele, ou eu”. Não duvide se ele agarrar o Play... e o memory card!

A aproximação do inimigo é sutil... pode ser assim: seu namorado, que não joga há séculos vai na sua casa; seu irmão pirralho convida “quer jogar?”. Ahhh, claro que ele quer! E no começo é engraçadinho, eles se enturmam, até falam palavrões juntos! E aí, cê fica lá, cara de paisagem, vendo toda a carnificina acontecer... por uma, duas, três horas...
Ou assim: um dia, bofe chega feliz, dizendo que tinha uma grana-não-sei-da-onde e decidiu que precisava de alguma coisa pra se divertir. Claro, o divertimento cabe numa caixa de papelão, vem embrulhado em plástico-bolha e é ligado na TV, geralmente no horário em que você costumaaaava a assistir alguma coisa. Daí em diante, minha amiga, você vai assistir a tragicomédia de cavalões virando criancinhas com um controle nas mãos, agendamento de campeonatos entre diversos cavalões (sim, na SUA casa!) e tu, tatu, fica folheando revistas, virando cada página com a fúria dez tufões, bufando, sem ganhar uma olhada do rapaz.

Mas pra chegarmos a esse ponto, saliento que o fato de sermos preteridas ao Play deve ser recorrente, tomar horas e horas, resistir a nossas falas do tipo “larga isso e vem aqui...”, sim, quase-quase beirar a compulsão.
É uma situação difícil, porque enquanto ele aperta os tais botõezinhos, e sente o analógico, poderia apertar os SEUS botõezinhos e sentir o SEU analógico! E aí a coisa começa a irritar.
Irrita porque eles nunca jogam com o volume baixo e, se o jogo em questão é de futebol, o narrador fala mais que uma matraca, quase sempre em inglês ou espanhol, dá berros (e seu amado dá berros também, que conseqüentemente evocam seus berros contra ele). Se o game dá margem pra que dois jogadores joguem um contra o outro, quase sempre o malandro te convida pra jogar depois que ele treinou muuuuuito... han. O.k., tem os mais compartilhadores, que insistem pra você jogar com eles, ensinam e tals, mas são raros. Os Players não-egoístas.
Não custa nada compartilhar alguns momentos de diversão com ele e o Play – ressalto, alguns momentos. Também não façamos drama por um tempinho de jogo. Mas aí se o sujeito nem pisca na frente da TV, se esquece a própria identidade, se a criatura deixa de comer, tomar banho, se não dá neeeeeeeeem aquela olhadinha pra você quando a pontuação é alta ou quando marca um gol (a olhadinha de “admire-me, mulher!”)... aí sim é a hora de trocar de joystick.

31 comentários:

vida cotidiana disse...

Se tivesse coragem joga o play aqui de casa pela janela e colocaria uma bomba em cada campo de futebol, kkkkkkk

£una Pla+ha disse...

Meu noivo quer por um na lista de casamento e eu ainda tô tentando segurar as pontas.kkkk

Bem Resolvida disse...

eu AMOOOO playstation e já falei com sexy nerd que sou louca pra ter um pra podermos jogar juntos...rsrs
é bem capaz dele perder minha cia no msn se eu voltar a ter um PSP...rs

bjs!

deni disse...

eu já tentei competir, maaaaaaaaaaas foi melhor me juntar ao inimigo e fazer apostinhas. HAHAHA

- Se eu ganhar você tira a camisa, se você ganhar tiro eu.


HAHAHA (6)

Docinho disse...

puuuutz
pior que esse vicio eh difiiiiiiicil de arrancar do namorado

adorei o post

bjkas

Raquel El-Bachá disse...

Um ex meu é viciado em video-game, principlamente naqueles jogos de futebol.
O outro ex tinha como vício o computador e era uma constante me trocar pelo computador durante os finais de semanas.
Não sei qual dos dois era pior.
Beijos.

Mary West disse...

Achu melhor do que futebol ó.

Agrilla disse...

faz parte
eu troco meu namorado pelo pc e pelos meus seriados. então a assim a gente vive feliz, ele assiste futebol e eu seriados, ele joga e eu fico na internet.
Comprar um notebook foi a melhor coisa que fiz ahaha

MELISSA S disse...

Tudo tem limite, né? Meu ex gostava de video game, mas não chegava a me trocar por ele não... E se algum dia eu me relacionar com um sem noção que faça isso, parto pra outra correndo... Game over pra ele! rs

Máah Castro disse...

Aah a eternaa briga entre namorado e maquina. Sabe, o problema não é nem o irmão chamar ele pra jogar. É seu primo fazer isso
e ele de muita boa vontade ir, e esquecer que você existe.

E não pensem que isso é só pra namorados, digo isso pelo meu tio, ele se junta com os meus primos e subrinhos dele, e ficam lá no play, a minha tia vai e volta, sai e chega, e ele nem se toca! shaushuas

Beeijos ♥

A+☺$ disse...

EU SOU O NOIVO DA SEGUNDA MOÇA Q COMENTO, E EU QUERO EU PS3 NA LISTA DE CASAMENTO SIMMMMMMMMMM!

=D

Uma Flor de menina disse...

só faltou vc falar que nos jogos de futebol, os homens costumam competir com o narrador do jogo. Tentam narrar o jogo mais alto que o narrador.

Tô de acrodo. morte ao playstation...

Gabi disse...

dizer pra ti que eu tb curto muito jogar video-game
HAHAHA.
aliás, já ganhei do bofe

Igor André disse...

Ahh pecado!!! hahahahaa
Prefiro nao me salientar aos casos de nerdisse congênita e me ater somente aos de "diversão descompromissada". Acredito que a melhor alternativa para as namoradas, maiores vitimas do escapismo dos "cavalões", é tentar dedicar um pouquinho de tempo (e paciência) ao hobbie junto com os companheiros. Podem te certeza absoluta que isso fará com que ganhe pontos. Mas cuidado: dependendo do jogo, é capaz de vocês acabarem se viciando e sofrendo na pele a situação de "ter que fazer um sacrificio imenso de deixar o namorado de lado por causa do playstation" hahahahahahahah

See You!!

Mulherzinha Sim! disse...

Sem dúvidas esse é item eletrônico mais odiado por mim! O filhodaputa do meu ex não satisfeito em jogar em casa sozinho, fazia compeonato na casa de um amigo dele. Conclusão: no dia seguinte, ele queria dormir até 14:00h porque passou a madrugada inteira jogando.

E quando eu estava presente em um desses compeonatos, era como se por este período ficasse invisível porque a atenção era toda voltada para os jogos. Ódio mór!!!

Há alguma forma de o próximo pretê não vir com este vício de fábrica?

Anônimo disse...

Hahaha Acho q eu e a Mulherzinha namoramos o mesmo cara! O meu ex fazia exatamente o mesmo comigo...

Hebertt disse...

Coitado do play ele não e tão ruim assim, e claro que o homem tem que saber dividir os horários entre os dois amores, mas se as mulheres também jogarem um pouco com o seus namorados vão ver como e divertido e eu concordo com o cara do post acima ele tem que botar o play 3 na lista de casamento eu botaria na minha . Hehehehe

Larissa disse...

não tenho nenhum problema contro o PS.
é só vocês imitarem o ditado:
se não pode contra o vício, junte-se a ele. ;D

'beeeeeeeijOs

Mariana Valente disse...

Ahhhh eu amoooooo PS1 e qqer tipo de jogo... Acho que sou meio diferente pq gosto mais de futebol que meus namorados ahauhauahuahauhauhauahuahuahau

é... realmente nao sou menininha ahauhauahuahauhauhaua...
calma Anna xuxu, o jeito é encher o saco do cara pra ele deixar a gene jogar com eles e compartilhar esses momentos de diversão (ou não). No meu caso eu levo a competição a sério e nao aceito perder pro namorado aahuahuahuahau

bjos lindaaaaaa

Drunken Alina disse...

Olha, nem me fale dessa desgraceira,meu cunhado comprou um e foi um infeeerno até eles enjoarem!!!
Ficou eu e minha concunhada com cara de bunda olhando eles jogarem por duas semanas.
Aí eu não aguentei e falei pra ele tomar vergonha e jogar durante a semana, qdo não estou na casa dele.
Bah!

Beijuuus!!

Fersi disse...

Quase impossível competir com esse vilão. Mas eim? Não é que o vilão não é tão ruim... você acaba cedendo porque né?! se ganhar talvez ele pare. mas aí você nunca ganha e acaba entrando pro mundo dos joguitos. aí fudeodevez! Vocês viram somente amigos, porque como disse, somente os botões do controle são apertados, e não há pessoa que sobreviva a isso. E aí, nesse momento, eu acabo entendendo o porquê da existência dos tais amantes.
bah.

ri demais do texto! Adorei!
abraçooo!

Moni disse...

sinceramente acho q vc andou me espionando kkkkkkkkkkkkkk.
Passei por cada estagio desses q foi citado.E ate tentei jogar com ele! que novidade eu tb perdi...
Hoje em dia é quase um trauma quando ouso a voz daquele jogo de futibol que tanto odeio, e em segundo lugar "Mortal combate" Meu Deus!?
Homens as veses gostaria da saber onde fica o botanzinha da descarga da cabeça deles.

Mabia Barros disse...

não consigo entender esse povo que fica contra o futebol, o jogo, os amigos do namorado...

poha, o cara já exixtia antes de vc e fazia essas coisas... Vc tb não sai com amigas, fica horas no shopping ou no salão, vai pra casa delas conversar e fofocar?

Pq não entender que o kra precisa de um tempo pra ele tb?

Sei que ser ignorada não é legal, ams aí se evita de ir encontrar com o bofe nesses dias, ué? Faz uma escala entre jogo e namoro...

Num adianta reclamar muito, pq eles vão jogar mesmo... paciência!

Isis Miyaoka disse...

Acredito q exista uma forma de conciliar... uma das soluções é jogar com ele... acho q seria um ótimo passatempo, afinal não é só ele q deve ceder e ira o shopping qdo vc tá afim não é mesmo?

Andreas Ribeiro disse...

AHhhhhhhhhhh Playstationnnn S2

Vou chamar seu bofe pra jogar lá em casa anna... comprei o jogo de futebol versão 2009... uhUHauhAUHAHUA Ae já me junto com o bofe da marie (por motivos óbviosssssss) e já era.. campeonato!!! UHAauhauhauhauha

Muito bom seu post, mas o fato é: Melhor coisa que tem é fazerem juntos... tentar pegar um jogo q os 2 se divirtam e passar um tempo juntos + a odiada máquina...

Agora se a guria tem ogeriza completa ao aparelinho... fica complicado... o cara não pode largar tudo pra jogar... mas tbm... não queira q ele largue totalmente uma diversãozinha dele...

O ex-marido da minha irmã é muito viciado em jogos.... largava a minha irmã na casa deles e vinha para minha casa (e consequentemente, a casa da sogra) pra jogar... UHAuhaUHAUHA Aquele exagerava um pouco...


escrevi demais...

Bjos
Andy

Anna Oh! disse...

Huahauahauahuahau eu até jogo, po! Mando um GTA animal qdo to nervosa.
Mas esse post foi inspirado nas vivências passadas (vulgo, ex viciado pra caramba em jogos que nem olhava pra minha cara) e em relatos q ouvi.

Eu espero q o bofe não leia esse comentário, pq ele aceita o convite. Ai.

O Play lá de casa tá quebrado, mas jogatinas alternativas sugiram, do tipo: poker e dominó.

grrrrrrr

Andreas Ribeiro disse...

Poker!!!!

demorouuuuuuu

madrugada + alcóol + pôker

perfect... uhahuahuaa

Lays Melo disse...

Ah, esse para mim não é o problema! Eu adoro jogar videogame. Na verdade, sou uma NERD viciada em joguinhos de RPG e The Sims.

cassinha disse...

eu gosto de video game, só odeio aquele joguinho insuportavel chamando winning eleven. que mulher nunca foi trocada por esse maldito jogo???? hahahaha

Anônimo disse...

nossa... amei eheheh parece q to vendo o meu bofe ai nas descrições.. mas jah prometi q uma hora dessas mando o play pela sacada heheheh

mtooo bom o blog de vc
amooooo

:))

Mayh disse...

eu nao tenho esse problema com meu namorado xD
Pensa bem: é melhor ele estar em casa no video game do que saindo por ai e aprontando com os amigos :D
e eu e o meu bofe passamos otimas tardes juntos jogando *-*
hsuahsua

adooro o blog *-*
beijos