quarta-feira, 13 de agosto de 2008

O que aprendi com meu passado

Lendo o perfil da nossa charmosérrima Penélope, vi a seguinte frase: "Já teve vários relacionamentos complicadíssimos e acha que não aprendeu muito com eles." Gente, o que vocês aprenderam com seus relacionamentos passados? Tive essa crise ao preencher o perfil do orkut, acabei escrevendo meia dúzia de coisinhas engraçadinhas, mas é só. O que realmente aprendi? Bem, aos poucos aprendi que não posso ficar com alguém sem amor. Que mesmo quem diz que te ama, pode te machucar muito, muito mesmo. Que algumas vezes, para que duas pessoas fiquem juntas, deve-se abrir mão de muitas coisas, inclusive quem você é. E você, somente você, pode pensar se quer ou não pagar esse preço. Mas seriam esse verdadeiros ensinamentos ou mágoas de relacionamentos desastrosos? Não sei. Deixo aqui as perguntas da minha cabeça confusa.

13 comentários:

*Dulce Herrera* disse...

Boom, eu já te contei em off o que eu aprendi com os meus realcionamentos, e tb o que eu acho que vc aprendeu com os seus [ou seja, no seu caso nada]
hehehehe

no meu caso, aprendi q num adianta mudar sua personalidade por alguem, se o cara gostou de vc brava, se vc mudar e virar boazinha, ele vai te chutar [fato]
ah, e tb num pode se anular jamais pelo outro né!!

adoro vc on/off viuu Marie!!
* bjo na xexa

mais tarde eu posto tb

Andreas Ribeiro disse...

Pois é... namoro/relacionamento/coisa exige abrir mão de coisas...

Mas eu aprendi que se essas mudanças são mais do que as "recompensas" se elas são apenas "picuinha" ae naum dá...

ahhhh axo q aprendi um bucado de coisa... e um bucado de erros meus q naum devo repetir..

Belo assunto Marie

bjo na xexa
uhauhauhauhauha

Renata - Mulheres Separadas disse...

Pois é, também não sei o que aprendi com meus relacionamento passados. Acho que também aprendi que quem diz que te ama, pode sim te magoar muito, e como. bjs, Renata

canseidexuxu disse...

Ahh, adoro esse tema hahaha!

Pra mim, não existe aprendizado mais profundo do que o relacionamento amoroso... Mexe demais, tanto emocionalmente quanto racionalmente...

E a gente amadurece junto, mesmo quebrando a cara acaba sabendo do que gosta, e mais ainda do que não gosta.

O que já é um começo pra não repetir os mesmos erros...

Beijos!
Xu

Dantas disse...

é, eu tenho deixado de ser quem eu sou...

BelaCavalcanti disse...

"Bem, aos poucos aprendi que não posso ficar com alguém sem amor" - É fogo mesmo... mas se o cara gosta de vc acima de tudo, talvez valha a pena... talvez esse amor meio que sufocante dele faça com que vc. não precise de mais nada.

Bem Resolvida disse...

Uma coisa é fato. Aprendi que esqueci todos mais rápido do que pensava.
Tinha uma época que eu imaginava: Nossa, se acabar vou sofrer tanto, nunca vou esquece-lo, e bla bla bla....
bullshit!! Hoje tenho consciência de que se não deu certo com um, logo logo aparece outro....

Nossa, eu já fui tão diferente do que sou hj!! Estava até conversando sobre isso com meu sexy nerd. Vou contar no propximo post como era possessiva, ciumenta e neurótica.


bjs!!

Anna Oh! disse...

Bom, pelo menos eu tenho assunto pra análise... ahahahahahah
Tá bom, não teve graça. Eu aprendi q tem coisas das quais eu não posso abrir mão, que são minhas e de mais ninguém, que se forem jogadas pra debeixo do tapete, eu vou perder meu brilho, minha força, minhas estruturas. Aprendi que há um limite pra passar por cima do próprio orgulho, que devemos preservar uma boa dose tele tb... e de teimosia, pq se submeter a tudo o q o outro quer deixa qqr pessoa pirada. Aprendi que antes de aprender a amar alguém, eu tenho que aprender a olhar pra essa pessoa como um igual, não endeusar nem pisotear nela; aprendi q se envolver por carência sempre dá merda, q homem com orgulho ferido é vingativo (tanto qto nós), que falar de amor é muito mais fácil do que viver amor.
Hmmmm... aprendi q tenho minha parcela de culpa em todas as tragédias q aconteceram cmgo (hehehehe), mas, principalmente... eu aprendi a ficar sozinha; e, meu, isso é o primeiro passo pra sair da dependência extrema do outro em q eu vivia.
Bom, compartilhei aki minhas neuroses.
Adorei o tema, Marie!
Bjus

Rosa Canela disse...

Oi Marie..bom acho que todo mundo de certa forma aprende sim com os relacionamentos anteriores ...talvez só "a ficha" que não cai assim tão rápido ...eu fui casada 6 anos ..depois tive um relacionamento e 1 ano e 8 meses ..uffa e como aprendi ..aprendi que não é só o AMOR que une as pessoas em um relacionamento ...que ele é primordial sim, mais que tem muito muito mais que isso ..
Aprendi tb como a Anna Oh!..que em toda tragédia a gente tem a nossa parecela de culpa ..ninguém é 100% dono da razão...e principalmente não exija o que nem vc é capaz de fazer...

aiii a lista é enorme o duro é por em prática tudo isso né ... beijossss
Adorei mesmo o tema do post ...

Rosa

Mariana Valente disse...

Bom... primeiramente o q eu aprendi foi não largar tudo e refazer todos os seus planos pela pessoa... Porque se por algum motivo o relacionamento acaba, vc fica sozinha e perdida!!! Comigo aconteceu isso, larguei o mestrado por causa do ex-fiancé, e não há um dia em q eu não me arrependa (estaria aí morando pertinho de vcs, hehehehe)

Acho que vc pode mudar certas coisinhas pra levar o namoro, tem q ceder em algumas coisas, mas mudança radical não! Afinal se a pessoa se apaixonou por você do jeito q vc é, não haveria razão de mudar o comportamento...

Ah e aprendi q farda faz mal à saúde mental, ahuaahauahauh

Beijoks

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

É tão difícil saber a exata medida...

Marie Curie disse...

Nossa gente, obrigada! Eu fiquei intrigada com essas perguntas, mas deu pra pensar. acho qe no final aprendi algumas coisas sim, mas doeram tanto que podem, como a rosa canela e a cansei de xuxu disseram, demorar pra cair a ficha. Seria muito injusto sofrer tanto a preço de nada. Emesmo assim, como já citado pela Não somos apenas rostinhos bonitos (que nick grande!), é difícil saber quanto eu aprendi, acho que só vou saber quando precisar usar esses novos conhecimentos...

Dulce, Andreas, Renata, Belacavalcanti, Mariana Valente, Anna Oh e bem resolvida: Obrigada por dividir aqui o que vocês aprenderam, deu pra perceber que por mais sutil que seja o aprendizado ele existe. So preciso identificar o meu! Só sei que não posso ficar com homem-gastrite, hahaha! E caro novo leitor Dantas: Seja você mesmo! Seu blog tem coisas lindas, hehehe!

Bjos gente, brigadão! \o/

teaguentanosalto disse...

acho que a partir do momento que precisamos abrir mao do que realmente somos, não vale mais a pena.
Devemos nos colocar sempre em primeiro lugar.. Por mais difícil que seja, acho que só aprendemos com todos os erros.. e toda relaçao nos ensina algo, as vezes só percebemos muito depois!
beijos querida, adoro teu blog.
L.